PUBLICIDADE

Mulher mantida em cárcere privado no RS usa lençol para fugir de apartamento

A jovem de 21 anos era mantida aprisionada no apartamento onde era estuprada e agredida pelo agressor, que foi preso

30 ago 2023 - 08h39
(atualizado em 31/8/2023 às 15h33)
Compartilhar
Exibir comentários

Um indivíduo de 47 anos foi detido na segunda-feira (28) em São Leopoldo (RS), no Vale do Sinos, sob suspeita de manter uma mulher em cárcere privado por um período de três meses. A descoberta desse crime ocorreu depois que a vítima, uma jovem de 21 anos, conseguiu escapar do apartamento onde estava confinada, no terceiro andar do edifício, utilizando um lençol como corda através da janela. As autoridades estão investigando o incidente, sendo a Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher do município responsável pelo caso.

Foto: Reprodução / Porto Alegre 24 horas

A própria vítima entrou em contato com a Polícia Civil. Ela conseguiu adentrar um apartamento no segundo andar, onde recebeu auxílio de uma moradora.

Segundo o relato da jovem às autoridades, ela trabalhava como garota de programa e foi contratada pelo suspeito há três meses. No entanto, ele a teria mantido aprisionada no apartamento, perpetrando estupros, agressões e ameaças.

10 atitudes que também são violência contra a mulher 10 atitudes que também são violência contra a mulher

De acordo com a delegada Michele Arigony, da Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher de São Leopoldo, a mulher era mantida confinada em um quarto durante o dia, com acesso a outras áreas do apartamento somente à noite, quando o agressor estava presente.

A vítima compareceu à delegacia acompanhada de uma vizinha do apartamento onde os delitos supostamente ocorreram.

Após a formalização do incidente, os policiais localizaram o suspeito e o detiveram em flagrante. Conforme a delegada, ele será indiciado por cárcere privado, estupro, lesão corporal e ameaça.

A vítima foi encaminhada para atendimento médico e depois levada à casa de sua mãe, onde residia.

Porto Alegre 24 horas
Compartilhar
Publicidade
Publicidade