PUBLICIDADE

Monica Iozzi critica Neymar Jr em caso de Daniel Alves, condenado por estupro: "Muito nojento"

A apresentadora Monica Iozzi usou as redes sociais fazer um mega desabafo sobre o caso de Daniel Alves e Neymar Jr

23 fev 2024 - 14h27
(atualizado às 14h41)
Compartilhar
Exibir comentários
"É nojento demais os jogadores de futebol não falarem nada", disse Monica Iozzi
"É nojento demais os jogadores de futebol não falarem nada", disse Monica Iozzi
Foto: Reprodução/Instagram / Mais Novela

Na última quinta-feira (22), a apresentadora Monica Iozzi usou redes sociais fazer um mega desabafo sobre o caso de Daniel Alves e Neymar Jr. Daniel foi condenado por estupro, mas teve a pena reduzida graças ao camisa 10 da Seleção, que o ajudou a pagar uma multa de quase R$ 1 milhão.

Silêncio dos homens e Neymar: a reação de famosas à sentença de Daniel Alves Silêncio dos homens e Neymar: a reação de famosas à sentença de Daniel Alves

"O quanto que essa brotheragem masculina é nojenta, né gente? É muito nojento, cara. O cara poderia ter pegado doze anos [de prisão], e na verdade ele pegou quatro anos e talvez ele possa sair em dois anos em condicional", começou ela, nos stories do Instagram.

E continuou: "Porque o super parça dele, o também jogador de futebol, Neymar, resolveu fazer uma doação de quase 800 mil reais para ajudar ele a pagar uma multa, e conforme as leis da Espanha, isso faz reduzir a pena".

"Realmente, é nojento demais os jogadores de futebol não falarem nada, fingirem que não tem nada acontecendo. Não só os jogadores, mas como os homens de maneira geral, não falarem nada sobre isso. O cara [Neymar] dar 800 conto pra livrar o cara que estuprou uma mulher da cadeia. É nojento demais, não dá", finalizou.

Daniel Alves: da acusação de estupro à condenação de 4 anos e 6 meses de prisão Daniel Alves: da acusação de estupro à condenação de 4 anos e 6 meses de prisão

Veja:

Mais Novela
Compartilhar
Publicidade
Publicidade