PUBLICIDADE

Jogador gay teme ser escolhido para Copa do Mundo na Arábia Saudita: "Não me sentiria seguro"

Recentemente, Josh Cavallo ficou noivo do eletricista Leighton Morrelle e recebeu apoio do seu time, o Adelaide United

25 abr 2024 - 11h41
Compartilhar
Exibir comentários
Resumo
O jogador de futebol Josh Cavallo, que é gay, disse que não participaria da Copa do Mundo FIFA 2034 na Arábia Saudita. Ele teme por sua segurança no país.
Josh Cavallo disse que é triste saber que não pode ir a alguns países por ser gay
Josh Cavallo disse que é triste saber que não pode ir a alguns países por ser gay
Foto: Reprodução: Instagram/joshua.cavallo

Assumidamente gay, o jogador de futebol Josh Cavallo, 24 anos, disse que não aceitaria participar da Copa do Mundo FIFA de 2034 na Arábia Saudita caso seja selecionado. O país pune a homossexualidade até com pena de morte.

"Sinceramente, não me sentiria seguro. É triste dizer isso, mas mesmo na minha carreira no futebol, há certos países para os quais não irei e jogarei futebol em clubes ou pela seleção nacional", disse ao Daily Mirror.

"Saber que sou limitado em certos países, porque não aprovam a forma como amo ou como vivo a minha vida, é muito triste. Há muitas melhorias que precisam acontecer antes que eu considere isso", afirmou ele.

Países que punem homossexualidade com pena de morte Países que punem homossexualidade com pena de morte

O jogador ainda acrescentou que os clubes devem apoiar seus jogadores LGBTQIA+ e disse que recebe muitos ataques homofóbicos desde que se assumiu gay. "Obviamente, online eu não posso controlar o que as pessoas vão dizer e fazer, mas isso sou eu, isso é quem eu sou", disse ele. "Infelizmente, como estou aos olhos do público e sou a representação de um jogador de futebol abertamente gay, sou um alvo."

No entanto, Josh ressalta não se incomoda com os comentários, pois sabe que está sendo uma inspiração para pessoas da comunidade. "É muito bom ver as reações dos pais também e ver que isso é maior do que apenas um esporte no momento. Então, sempre que eu passo por momentos difíceis, é nisso que eu penso. É a luz no fim do túnel para mim e me ajuda quando recebo comentários nada legais." 

Em 2021, o jogador comentou sobre a Copa do Mundo no Catar. Na ocasião, disse que disputar o mundial era um sonho dele, mas que temia sofrer represálias por ser um homem gay. "Um dos maiores sonhos de todo jogador de futebol é representar seu país em uma Copa do Mundo. Mas li que, no Catar, pessoas LGBTQ+ podem receber pena de morte, então não sei se me sentiria seguro de estar ali", disse Josh ao podcast Guardian's Today in Focus.

"Saber que este é um país que não apoia os gays e coloca nossas vidas em risco, me assusta e me faz reavaliar. Minha vida é mais importante do que fazer algo realmente bom na minha carreira?", refletiu ele na época.

Em março, Josh Cavallo ficou noivo do eletricista Leighton Morrell e recebeu muito apoio do seu time, o Adelaide United. O pedido de casamento foi compartilhado nas redes sociais.

Fonte: Redação Nós
Compartilhar
Publicidade
Publicidade