PUBLICIDADE
URGENTE
Saiba como doar qualquer valor para o PIX oficial do Rio Grande do Sul

Homem suspeito de matar a ex-mulher a tiros é preso escondido na casa de sobrinha

O homem suspeito de matar a ex-mulher foi preso pela Polícia Militar (PM) na noite de domingo (15), horas depois do crime

15 abr 2024 - 09h06
(atualizado às 09h31)
Compartilhar
Exibir comentários
Os policiais encontraram duas armas com o suspeito
Os policiais encontraram duas armas com o suspeito
Foto: Colaboração/PM. / Banda B

Um homem suspeito de matar a ex-mulher foi preso pela Polícia Militar (PM) na noite de domingo (14), horas depois do crime, que aconteceu à tarde. Ele estava escondido na casa de uma familiar. Com ele, os policiais encontraram duas armas.

Violência contra mulher: conheça os 5 tipos Violência contra mulher: conheça os 5 tipos

O crime aconteceu por volta das 15h, na Cidade Industrial de Curitiba (CIC). A mulher, de 35 anos, levou dois tiros, e morreu na ambulância. 

O tenente Elias Chehade, da PM, contou que o homem matou a mulher dentro de casa, e fugiu logo depois.

"Uma sobrinha tomou conhecimento através de grupos de whatsapp, viu a tia baleada e tentou resgatar e levar para o hospital. Na metade do caminho, percebeu que a tia estava praticamente em óbito. Parou e chamou o Siate. Foi constatado o óbito"

disse o tenente Elias Chehade, da PM.

Ainda conforme o policial, as equipes estavam em patrulhamento na região atrás do autor dos tiros, fazendo diversas abordagens, até que descobriram onde ele poderia estar.

"Descobrimos que numa última situação ele teria brigado com ela e se escondido na casa de uma sobrinha. Fomos até essa casa e de fato ele estava lá. Conseguimos realizar abordagem e a prisão dele. Ele informou que a arma estava escondida na casa onde cometeu o crime. Lá encontramos duas armas de fogo"

comentou o tenente Elias Chehade.

Preso, o homem foi encaminhado à Casa da Mulher Brasileira, junto com as duas armas (uma pistola calibre 9 milímetros e um revólver calibre 38) apreendidas. A Polícia Civil investiga o crime.

Banda B
Compartilhar
Publicidade
Publicidade