PUBLICIDADE

Homem é preso suspeito de agredir e tatuar seu nome em corpo da companheira

Vítima afirmou que foi obrigada a fazer as tatuagens com o apelido e nome do companheiro em diversas partes do corpo; ele nega

6 out 2022 - 20h02
(atualizado às 20h37)
Compartilhar
Exibir comentários
De acordo com a polícia, a vítima disse que o companheiro a obrigava a fazer tatuagens com o nome e apelido dele pelo corpo.
De acordo com a polícia, a vítima disse que o companheiro a obrigava a fazer tatuagens com o nome e apelido dele pelo corpo.
Foto: Reprodução/Redes Sociais

Um homem, de 42 anos, foi preso em flagrante por violência doméstica, ameaça, injúria e lesão corporal contra a companheira, na tarde de terça-feira, 4, em Potirendaba, no interior de São Paulo. De acordo com a Polícia Militar, a vítima relatou que o companheiro a obrigava a fazer tatuagens com o nome e apelido dele pelo corpo.

De acordo com informações do boletim de ocorrência, a mulher foi agredida após um desentendimento e, depois do fato, foi a um hospital em busca de atendimento. O suspeito a seguiu até o local e a agrediu novamente.

Policiais militares foram acionados por funcionários do hospital. A vítima informou que era ameaçada constantemente pelo companheiro e mostrou as tatuagens na nuca, seios, perna e abdômen. 

O homem afirmou à polícia que era interditado e que tomava remédios controlados devido a um acidente que sofreu. Ele também alegou que as tatugens teriam sido feitas com o consentimento da companheira e 

que a agressão aconteceu porque achou que ela estava furtando seu dinheiro.

Fonte: Redação Nós
Compartilhar
TAGS
Publicidade
Seu Terra












Publicidade