PUBLICIDADE

Já dirigimos: novo Mini Countryman agora é só elétrico no Brasil

Com preços a partir de R$ 294.990, nova geração do Mini Countryman evolui bastante e quer conquistar pelo espaço interno e com seus 306 cv

7 jul 2024 - 10h17
Compartilhar
Exibir comentários
Novo Mini Countryman SE All4
Novo Mini Countryman SE All4
Foto: Mini/Divulgação

De uma só vez, a Mini lançou dois carros no mercado brasileiro. Um deles é a terceira geração do Countryman, que cresceu em medidas e em importância para as vendas da marca inglesa. Até por isso, ele chega ao Brasil em duas versões e sempre com motor elétrico de 306 cv e preços a partir de R$ 294.990.

O Guia do Carro já testou o novo Mini Countryman SE All4 em trechos na cidade de Campos do Jordão (SP). O novo Countryman faz parte das 20 novidades que a BMW e a Mini trarão ainda em 2024 ao Brasil. Com foco cada vez mais familiar, o novo SUV substitui de vez o antigo Mini Clubman, que era a versão perua do Mini Cooper.

Novo Mini Countryman SE All4
Novo Mini Countryman SE All4
Foto: Mini/Divulgação

Por fora, isso se traduziu em um crescimento significativo em relação à segunda geração do SUV. O modelo agora mede 4,43 m de comprimento (+13,6 cm), 1,84 m de largura (+2 cm), 1,64m de altura (+ 7 cm) e 2,69 m de entre-eixos (+2 cm). Como resultado, o novo Mini Countryman oferece mais espaço para seus ocupantes. 

O porta-malas leva até 460 litros (+55 litros), e chega aos 1.450 litros ao rebater os bancos traseiros. Por fora, o novo Mini Countryman ganhou linhas mais minimalistas e retas, com faróis em LED em formato trapezoidal. Na lateral, o teto tem aspecto flutuante, e o modelo conta com opções de pintura em dois tons. 

Novo Mini Countryman SE All4
Novo Mini Countryman SE All4
Foto: Mini/Divulgação

A aerodinâmica do carro também melhorou, e tem apenas 0,26 cx – em comparação com 0,31 cx no modelo antigo. Já as rodas são de 18" ou 20", dependendo da versão. Na traseira, as lanternas de LED são menores, enquanto a tampa do porta-malas é lisa. A placa fica no para-choque traseiro.

Visualmente, o novo Mini Countryman parece mais moderno e robusto, se distanciando das duas primeiras gerações do SUV, que pareciam uma versão "bombada" do Mini Cooper. Apesar disso, o modelo ainda mantém alguns detalhes inspirados no Mini original dos anos 60, com estilo retrô.

Novo Mini Countryman SE All4
Novo Mini Countryman SE All4
Foto: Mini/Divulgação

Por dentro, tudo também é novo. O destaque fica para a nova central multimídia de 9,44" com formato redondo, que mantém o característico layout dos antigos Mini Cooper e reúne quase todas as funções de navegação e informações sobre o veículo. Além disso, ela conta com Android Auto e Apple CarPlay sem fio, e o sistema de som é da Harman Kardon.

O visor também conta com diferentes opções de visualização e layouts que variam do moderno e minimalista ao retrô. No mais, a central tem comandos intuitivos e o funcionamento é bem fluido, e a resolução é excelente. Ainda há suportes a comandos de voz e opções de trilhas sonoras que emulam diferentes sons para a aceleração do carro.

Novo Mini Countryman SE All4
Novo Mini Countryman SE All4
Foto: Mini/Divulgação

Além disso, o novo Countryman conta com uma barra de controle abaixo da central multimídia, que reúne as funções de câmbio e controles para o funcionamento do carro. Outro ponto importante do novo Mini Countryman é o uso de materiais reciclados no tecido que reveste parte do painel e os forros das portas. 

Visualmente, o material agrada, e tem boa qualidade. No entanto, a nova geração do Mini Countryman poderia contar com mais superfícies emborrachadas, sobretudo na parte superior do painel, algo que o modelo anterior tinha. Os bancos, por sua vez, são bem confortáveis e possuem revestimento em couro sintético.

Novo Mini Countryman SE All4
Novo Mini Countryman SE All4
Foto: Mini/Divulgação

Dirigir o novo Countryman é uma experiência bem agradável. A posição de dirigir é mais alta do que no Mini Cooper, e a visibilidade é boa. A direção tem relação bem direta e é leve em manobras, enquanto a suspensão filtra bem os impactos e consegue ser macia na medida certa ao passar por buracos, sem raspar a frente ou traseira em valetas.

Nas curvas, o novo Countryman é um carro bem divertido, e a carroceria não rola muito apesar da altura e tamanho do modelo. Equipado com dois motores elétricos, o novo Mini Countryman oferece 306 cv de potência e 494 Nm, o mesmo conjunto que equipa o novo BMW iX2. A tração é integral nas quatro rodas.

Novo Mini Countryman SE All4
Novo Mini Countryman SE All4
Foto: Mini/Divulgação

Ao acelerar, todos esses números já estão disponíveis ao primeiro toque no pedal. Com isso, o novo Mini Countryman vai de 0 a 100 km/h em 5,8 segundos e atinge a velocidade máxima de 180 km/h, limitada eletronicamente. Já o alcance é de até 320 km no ciclo do Inmetro, com a possibilidade de recarregar a bateria de 10% a 80% em apenas 30 minutos com carregadores de 130 kW.

O novo Mini Countryman SE All4 chega ao Brasil em duas versões: Exclusive (R$ 294.990) e Top (R$ 339.990). Ambas contam com 10 opções de cores para a carroceria, 4 opções de cor para o teto (3 para a versão Exclusive) e até 3 opções de tonalidades para o revestimento do interior (2 para a versão Exclusive).

Novo Mini Countryman SE All4
Novo Mini Countryman SE All4
Foto: Mini/Divulgação

Em relação à lista de equipamentos, o novo Countryman Exclusive oferece faeróis em LED adaptativos, rodas de 18", rack de teto, retrovisores elétricos com projeção de logo, memória e função estacionamento, ar digital dual zone, driving assistant e parking assistant, navegação integrada, bancos elétricos com apoio lombar e função massagem (motorista), entre outros.

Já a versão Top acrescenta rodas de 20", driving e parking assistant plus, navegação com realidade aumentada, novos revestimentos, assentos esportivos John Cooper Works, head-up display, sistema de som Harman Kardon, teto solar panorâmico, câmera interior e Mini Experience Modes. 

Em conclusão, o novo Mini Countryman evoluiu bastante e se tornou uma opção mais madura na linha da marca inglesa. O modelo ficou mais espaçoso e se distanciou mais do hatch Cooper, e é uma boa opção para quem busca um carro familiar e não precisa se preocupar com o fato de encarar longas viagens nas estradas brasileiras, uma vez que se trata de um carro 100% elétrico.

Guia do Carro
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade