PUBLICIDADE

Ford começa a produzir os motores da Nova Ranger na Argentina

A planta inaugurada em Pacheco vai produzir os dois motores turbodiesel da picape: o Lion V6 3.0 e o Panther 2.0 de quatro cilindros

17 jun 2024 - 10h45
Compartilhar
Exibir comentários
Ford Ranger na fábrica de Pacheco, na Argentina: motores da nova geração passam a ser locais
Ford Ranger na fábrica de Pacheco, na Argentina: motores da nova geração passam a ser locais
Foto: Ford / Guia do Carro

A Ford fez uma remodelação completa na fábrica de Pacheco, na Argentina, para o lançamento da Nova Ranger na América do Sul. Agora, inicia também a produção local de motores, em uma nova planta digital e conectada inaugurada no complexo, que incorpora novas tecnologias e processos de produção 4.0.

A nova unidade vai produzir, na mesma linha, os dois motores turbodiesel que equipam a Ranger: o Lion 3.0 V6, com 250 cv e 600 Nm, e o Panther 2.0 de quatro cilindros, com 170 cv e 405 Nm. 

“Desde o seu lançamento, a Nova Ranger avançou em todos os indicadores”, diz Martín Galdeano, presidente da Ford América do Sul. “A qualidade é um grande diferencial do produto, que impacta diretamente na satisfação dos nossos clientes.” 

Linha de motores do Ford Ranger na Argetina: intensa robotização e manufatura 4.0
Linha de motores do Ford Ranger na Argetina: intensa robotização e manufatura 4.0
Foto: Ford / Guia do Carro

Segundo ele, mesmo sendo um veículo com 95% de peças novas, a Ranger atual já iniciou a produção no mesmo patamar de qualidade da geração anterior, uma plataforma que foi aprimorada em mais de 10 anos de melhoria contínua. “Isso é um fato inédito”, disse Galdeano. 

O nível de satisfação dos clientes do Ford Ranger aumentou mais de 20% desde a chegada da nova geração, que ganhou a categoria Melhor Pick-up no Prêmio Trend Car 2024, promovido pelo Guia do Carro e portal Terra. A fábrica de Pacheco tem um índice 28% melhor do que a média global de reparos a cada 1.000 veículos produzidos globalmente. 

“No Brasil, a Ranger foi a picape que mais cresceu em 2023, com um avanço de 42,5% e mais de 20.000 unidades. E este ano, até maio, as vendas subiram 41%, somando mais de 9.700 unidades”,disse Pedro Resende, diretor de Vendas e Rede da Ford.  

A nova fábrica de motores de Pacheco tem capacidade instalada para produzir 82.000 motores/ano em dois turnos e foi desenvolvida com a participação ativa da engenharia regional. O seu sistema inteligente de gestão da qualidade utiliza mais de 2.000 sensores e mais de 50 câmeras para o monitoramento dos motores e componentes. 

As 129 estações de trabalho possuem controle automático de tarefas, incluindo sistema inteligente de aperto de parafusos. Elas também foram projetadas para otimizar a ergonomia e o conforto dos operadores, que receberam mais de 5.000 horas de treinamento.  

A Ford investiu US$ 660 milhões na fábrica de Pacheco para a produção da Nova Ranger e ampliou em 70% a capacidade instalada, para 110.000 veículos/ano. Essa transformação incluiu a instalação de uma linha de prensas de alta velocidade, de até 2.500 toneladas, e 318 novos robôs inteligentes na área da carroceria, com soldas automáticas.

Guia do Carro
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade