PUBLICIDADE

Avaliação: Chevrolet S10 2025 é o mais confortável da história

Dirigimos nas estradas de Goiás a Nova S10, que melhorou muito em conforto ao receber a terceira atualização em seis anos

15 mai 2024 - 05h55
(atualizado em 12/6/2024 às 19h18)
Compartilhar
Exibir comentários
Chevrolet S10 High Country 2025
Chevrolet S10 High Country 2025
Foto: GM / Guia do Carro

O Chevrolet S10 2025 teve um grande upgrade de suspensão e conseguiu se livrar de um de seus pontos fracos: o desconforto na rodagem. A Nova S10 ficou muito mais próxima de sua rival imbatível nesse quesito, a Nova Ranger, da Ford, superando também a picape líder do segmento – a Hilux, da Toyota.

Podemos dizer que, se houvesse uma escala de conforto na rodagem, sendo 1 para a Titano (Fiat) como picape menos confortável e 10 para a Ranger (Ford) como mais confortável, a Nova S10 conseguiria 7 graus na “Escala Titano-Ranger”.

Chevrolet S10 High Country 2025
Chevrolet S10 High Country 2025
Foto: GM / Guia do Carro

A Nova S10 surge na linha Chevrolet 2025 como a terceira atualização em seis anos (as outras foram em 2018 e 2022). A picape média-grande, vice-líder da categoria (atrás apenas do Toyota Hilux), recebeu aumento das bitolas, novos amortecedores, nova calibração do conjunto de suspensão, nova coluna de direção e revisão do sistema de fixação.

Para além disso, o Chevrolet S10 2025 ficou mais potente (207 cv), mais forte (510 Nm), 1 segundo mais rápida (9,4 segundos para ir de a 100), mais econômica (13% na média cidade/estrada) e mais bonita. Nada mal para uma geração que estreou em 2012.

Chevrolet S10 High Country 2025
Chevrolet S10 High Country 2025
Foto: GM / Guia do Carro

A constante evolução do Chevrolet S10 é resultado da abordagem evolutiva que a GM dá para a plataforma de sua picape. Pudemos comprovar essa evolução numa avaliação rodoviária nas estradas de Goiás, entre Brasília e Pirenópolis. Rodamos no asfalto, na pedra e na terra, passando inclusive por riachos.

As retormadas de velocidade também melhoraram bastante. Para ir de 80 a 120 km/h, a Nova S10 gasta apenas 6,9 segundos, uma diferença e tanto em relação aos 8,5 segundos de antes. O consumo também melhorou bastante em função da troca da transmissão, que agora é automática de 8 marchas e não mais de 6.

Chevrolet S10 High Country 2025
Chevrolet S10 High Country 2025
Foto: GM / Guia do Carro

Na cidade, o motor 2.8 turbodiesel Duramax faz 9,5 km/l (contra 8,4 anteriormente). Na estrada, a Nova S10 faz 11,4 km/l (contra 10,4 de antes). A GM chegou a considerar a utilização de um câmbio de 10 marchas, que poderia ser mais econômico, mas acabou optando pelo de 8 marchas por considerá-lo menor, menos pesado e de manutenção mais simples e barata.

O motorista do Chevrolet S10 ganhou não apenas em desempenho, economia, conforto e segurançã (com itens do sistema Adas e 6 airbags). A vida a bordo de forma geral melhorou bastante, com acabamento mais caprichado, com melhoria de materiais e a nova multimídia MyLink de 11” integrada ao painel digital (que estreou no Chevrolet Spin 2025). Pela categoria do veículo, a Nova S10 merecia um grafismo exclusivo e não igual ao do Spin.

Chevrolet S10 High Country 2025
Chevrolet S10 High Country 2025
Foto: GM / Guia do Carro

Visualmente, o Chevrolet S10 2025 ficou bastante vistoso com a parte frontal mais horizontal e parecida com a de carros da Chevrolet vendidos nos Estados Unidos. Os faróis e lanternas também ficaram mais bonitos.

A GM fez modificações também nas versões da picape S10. A topo de linha continua sendo a High Country, com detalhes cromados, que custa R$ 302.900. Abaixo segue a versão LTZ, com acabamento superior e grande oferta de equipamentos, por R$ 292.800. Um pouco mais abaixo vem a Z71, com visual mais esportivo, de acabamento escurecido, por R$ 281.900.

Já as versões LT e LS deixaram de existir. No lugar delas surgiu a Work Truck (WT), por R$ 268.060 com câmbio automático. Mas é possível pagarmenos pela Nova S10 dentro das “soluções customizadas” oferecidas pela GM: Work Truck MT por R$ 247.860, Cabine Simples MT por R$ 232.710 e Cabine/Chassi MT por R$ 223.620.

Segundo a General Motors, o Chevrolet S10 é o veículo mais vendido da história do Brasil no segmento de picapes médias: soma 860 mil unidades desde seu surgimento, contra 710 mil do Toyota Hilux e 420 mil do Ford Ranger. Quando foi lançada no Brasil, em 1996, a S10 tinha apenas 95 cv de potência no motor (Maxion, na época).

Guia do Carro
Compartilhar
Publicidade
Publicidade