PUBLICIDADE

Comunidades de Pokémon GO arrecadam alimentos para Rio Grande do Sul

Foram arrecadados mais de 1.300 kg de alimentos em 33 cidades

13 jun 2024 - 09h38
Compartilhar
Exibir comentários
Comunidade do Rio de Janeiro arrecada doações para o RS
Comunidade do Rio de Janeiro arrecada doações para o RS
Foto: Reprodução / @pogoriodejaneiro / Arquivo pessoal

Com o apoio da Niantic, responsável por Pokémon GO, mais de 30 líderes de comunidades do jogo espalhados pelo Brasil mobilizaram seus grupos locais para arrecadar alimentos destinados a pessoas em situação de vulnerabilidade após as enchentes que atingiram o Rio Grande do Sul em abril, e também para outras organizações não-governamentais (ONGs).

Desde o Dia Comunitário de maio, iniciativas em 33 cidades, entre elas São Paulo, Rio de Janeiro, Sorocaba e Belo Horizonte, juntaram 700 kg de alimentos não perecíveis, além de roupas, itens de higiene e limpeza. Esses itens foram enviados para o RS.

Rafael Rocha, líder de comunidade no Rio de Janeiro, conta que a mobilização continuará nas próximas semanas. “Queremos arrecadar mais produtos de higiene pessoal, pois notamos uma carência nesse tipo de doação. No Dia Comunitário do Bounsweet (maio), o Rio arrecadou cerca de 105 kg de alimentos, além de roupas, mas estamos engajados em continuar ajudando o RS”, explicou.

Jéssica Simões, líder de comunidade em Brasília, contou que em sua cidade foi organizado um “PIX Day”, em que o dinheiro arrecadado foi direcionado para a compra de cobertores destinados aos atingidos pelas cheias, e também uma coleta de roupas, calçados e outros itens nas casas de alguns voluntários para serem entregues na Base Aérea. “Também acompanhamos a mobilização em outras cidades. O Gabriel, líder de Santa Maria, que foi uma das cidades atingidas pelas enchentes, nos ajudou a selecionar o destino das doações de outras comunidades”, continuou.

Ela também explicou que, em Brasília, a comunidade apoia o Projeto Pobres e Pequeninos com as arrecadações feitas durante os Dias Comunitários, e por essa razão acharam importante manter o apoio para a instituição local também.

Jogadores em Serra/ES e Belo Horizonte/MG enviaram 700kg de alimentos para o Sul
Jogadores em Serra/ES e Belo Horizonte/MG enviaram 700kg de alimentos para o Sul
Foto: Reprodução / Arquivo pessoal

Assim como Brasília, as comunidades de Fortaleza, Recife e Manaus arrecadaram mais 670 kg de alimentos e outros itens para ONGs e instituições em suas respectivas cidades. Em Fortaleza, o Lar Amigos de Jesus foi o alvo das doações e recebeu 200 kg de alimentos. A comunidade de Manaus apoiou o Projeto Sopaterapia, que atua há quase 10 anos na cidade.

Nomes famosos de Pokémon GO também ajudaram

Além das doações presenciais, grandes nomes de Pokémon GO de diversos lugares do Brasil se reuniram em uma live solidária no canal Jogada Excelente com objetivo de arrecadar fundos também direcionados ao Rio Grande do Sul. “A iniciativa partiu de mim e do LeeGengar, a ideia era juntar a Comunidade de Pokémon brasileira em uma grande ação, como já fizemos em outras ocasiões”, contou Kaio, o dono do canal Jogada Excelente. “Contamos com a participação de criadores de conteúdo de várias esferas da comunidade, seja Pokémon GO, TCG, VGC, Unite, anime etc, e o sucesso da live foi graças à participação de cada um dos convidados, como Baby Mazo, Camaleão, Capitão Hunter, Casa Do Carvalho, Direto Da Cozinha, Finzteren, KakaCrads, LNDsRargef, Olivotec, Pokémon Blast News, Tiusam e muitos outros”.

Com quatro horas de duração, sorteio de produtos TCG e códigos de Pokémon GO fornecidos pela Niantic, a transmissão contou com mais de 1.500 espectadores e arrecadou mais de R$ 3.000, que foram enviados para instituições que atendem pessoas em condições de risco.

A função dos líderes de comunidade, com apoio da Niantic, é organizar encontros presenciais para aproveitar os Dias Comunitários e outras ocasiões, realizando atividades para unir os jogadores e distribuir brindes oficiais de Pokémon GO. Treinadores novatos e veteranos de cerca de 80 comunidades em cidades como São Paulo, Fortaleza, Rio de Janeiro e Brasília tradicionalmente se reúnem em Parques Comunitários para completar pesquisas, trocar Pokémon e fazer novos amigos – é possível descobrir os locais de encontro em sua cidade utilizando a função Campfire dentro do jogo, que pode ser jogado em smartphones e tablets com sistemas Android e iOS.

Fonte: Game On
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade