PUBLICIDADE

Ações da Sony despencam após diminuição das vendas de PlayStation 5

Margem operacional da divisão de jogos também está baixa

19 fev 2024 - 10h55
(atualizado às 10h55)
Compartilhar
Exibir comentários
PlayStation 5 entrou na "segunda metade" de sua vida útil, disse a Sony
PlayStation 5 entrou na "segunda metade" de sua vida útil, disse a Sony
Foto: Reprodução / Sony

Uma reportagem publicada pela CNBC calcula que a Sony tenha perdido US$ 10 bilhões em valor de mercado após revisar as vendas de PlayStation 5. Antes a empresa esperava vender 25 milhões de consoles no ano fiscal que se encerrará em 31 de março, mas agora o número caiu para 21 milhões.

Depois disso, as ações da Sony caíram 8,4% e fecharam em queda de 6,5%, parcialmente como resultado da previsão de vendas revisada envolvendo o PlayStation 5, mas também porque a margem operacional da gigante japonesa em sua divisão de jogos ficou em 6% em comparação com os 9% obtidos em no trimestre encerrado em dezembro de 2022 e em 12-13% nos anos anteriores.

O analista Atul Goyal, do banco de investimento Jefferies, questionou a Sony a respeito da margem operacional, considerando que ela está baixa demais, sendo isso para ele algo mais decepcionante do que a diminuição das vendas de PlayStation 5.

Goyal explicou que as margens operacionais nos jogos eram de 12-13% por quatro anos e que agora encontra-se em 6%.

Ele também disse que as margens deveriam ter subido durante este período, levando em conta o aumento nas vendas de jogos digitais e o crescimento no número de assinantes da PlayStation Plus.

“Suas receitas com vendas digitais, DLCs e downloads digitais estão em alta histórica”, disse Goyal, “E ainda assim suas margens estão nos níveis mais baixos da década. Isso simplesmente não é aceitável”.

A Sony disse na semana passada esperar que agora as vendas de PlayStation 5 caiam gradativamente entre 1º de abril de 2024 e 31 de março de 2025, sugerindo que o pico de vendas do console já foi atingido. Algo que também deve contribuir para a queda é a ausência de novos jogos de suas franquias mais importantes neste período.

O presidente da Sony e diretor do PlayStation, Hiroki Totoki, disse querer que a empresa seja “agressiva” para aumentar as margens de lucro de sua divisão de jogos, o que pode ser alcançado focando em trazer mais jogos para PC.

Quer conhecer outros jogadores, saber das últimas novidades dos games e ter acesso a brindes e campeonatos? Participe do nosso Discord!

Fonte: Game On
Compartilhar
Publicidade
Publicidade