PUBLICIDADE

Wizard with a Gun decepciona apesar do bom combate

Novo jogo da Devolver Digital traz magos com armas de fogo em um mundo pós apocalíptico

24 out 2023 - 08h37
Compartilhar
Exibir comentários
Novo jogo da Devolver Digital decepciona
Novo jogo da Devolver Digital decepciona
Foto: Devolver Digital / Divulgação

Poucas vezes um título consegue resumir a experiência de um jogo tão bem. Em “Wizard with a Gun”, publicado pela Devolver Digital, você é um mago… com uma arma! Mas a arma não é apenas uma arma, afinal, você é um mago, então a arma atira balas mágicas. Eu sei, é um pouco confuso, mas o jogo explica toda essa situação ao lançar o jogador direto na história.

O fim do mundo

A história é bem simples de seguir. Faltando cinco minutos para todo o universo deixar de existir, o jogador precisa voltar no tempo várias e várias vezes para conquistar engrenagens, e encontrar uma forma de salvar o mundo. O que acontece nestes cinco minutos é totalmente dependente do jogador, que pode encontrar novos inimigos, lutar contra chefes, praticar novas magias, criar novas armas, e outros recursos que viabilizam o elemento de sobrevivência do jogo. 

O jogo, como muitos indies da atualidade, usa elementos roguelike para criar um ciclo de jogabilidade. Cada vez que você voltar no tempo, o mapa sofrerá com pequenas mudanças, e, caso você morra, tudo será perdido. Para evitar que isso aconteça, o jogador pode construir “mobílias” em sua base, que existe fora do espaço-tempo. Essas mobílias podem funcionar como estações de equipamento e construção, e ajudam a amortecer a queda após uma morte grotesca.

Infelizmente, o jogo peca na repetição, algo que é comum em muitos jogos do gênero. Apesar de existirem objetivos principais e secundários, eu me encontrava repetindo o mesmo estilo de missão várias e várias vezes. Porém, felizmente, o combate é bom o suficiente para manter o jogador engajado.

Varinhas e armas criam um combate divertido

O combate de Wizard with a Gun é bem divertido
O combate de Wizard with a Gun é bem divertido
Foto: Wizard with a Gun / Reprodução

A jogabilidade é muito divertida, trazendo diferentes tipos de armas em um mapa semi-aberto estilizado. Cada arma, equipado com diferentes magias (que no caso seriam as munições), dão ao jogador uma liberdade de atacar os monstros de caos das mais diversas formas.

Após explorar o mapa por cinco minutos, o fim do mundo é ativado. Agora, hordas de inimigos aparecem por todos os cantos, dando ao jogador a opção de lutar ou fugir. A dificuldade do jogo ganha um aumento significativo, e oferece uma oportunidade do jogador de arriscar todos os seus preciosos itens para garantir arcana, a principal moeda utilizada pelos magos no fim do mundo.

Conclusão

Wizard with a Gun - Nota 7
Wizard with a Gun - Nota 7
Foto: Game On / Divulgação

Wizard with a Gun é um jogo com boas ideias e com um bom combate, mas peca na sua repetição. Apesar de repetição ser algo comum no gênero, é sempre importante apontar quando um jogo tem a capacidade de se tornar entediante. Para aqueles que gostam de jogar no modo cooperativo, tenho certeza que a experiência será incrível, mas não sei se consigo recomendar para jogadores solo.

Wizard with a Gun está disponível para PC, PS5, Switch e Xbox Series X/S.

*Esta análise foi feita no PC, com uma cópia do jogo gentilmente cedida pela Devolver Digital.

Fonte: Game On
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade