PUBLICIDADE

Jogamos: Kill the Crows é um jogo de tiro viciante

Kill The Crows é um jogo de tiro onde cada bala conta. Confira a análise do Game On!

5 set 2023 - 11h53
(atualizado às 11h53)
Compartilhar
Exibir comentários
Kill the Crows é um jogo viciante
Kill the Crows é um jogo viciante
Foto: 5minlab / Divulgação

Os jogos independentes continuam a impressionar por conta de suas ideias criativas e custo relativamente baixo. Um exemplo disso é Kill the Crows, o novo jogo de ação da 5minlab e publicado pela gigante KRAFTON, que traz uma proposta simples, mas muito divertida e viciante. 

Um tiro e uma morte

A apresentação de Kill the Crows é bem direta. Sem mostrar história, cutscenes ou algo do tipo, o jogador é colocado diretamente na ação. Você é Isabella, uma jovem pistoleira que se encontra no meio de uma vila amaldiçoada, e precisa sobreviver à diferentes ondas de inimigos que aumentam conforme o tempo passa. 

Kill the Crows é bem frenético nas lutas
Kill the Crows é bem frenético nas lutas
Foto: Kill The Crows / Reprodução

Este é todo o contexto que o jogador vai receber em Kill The Crows. Equipado com uma pistola com capacidade para apenas 6 balas, o jogador vai precisar ter uma boa pontaria, gerenciar esquivas e balas, e acumular pontos de habilidade para acionar o poder especial periodicamente. Um ponto bem legal de Kill The Crows é que todos os personagens, sejam Isabella, inimigos comuns ou até mesmo chefes, morrem com apenas um tiro, e é aí que o desafio do jogo fica evidente.

Qualquer tipo de erro resulta em morte, fazendo com que o jogador perca todo o progresso na partida. A cada 100 inimigos mortos, um chefe irá aparecer no mapa, portando algum tipo de habilidade especial que vai dificultar a vida do jogador. Ao matar o chefe, o jogo continuará enviando ondas e ondas de inimigos poderosos, e cabe ao jogador sobreviver para quebrar o recorde pessoal.

Até mesmo os chefes de Kill the Crows morrem com um só tiro
Até mesmo os chefes de Kill the Crows morrem com um só tiro
Foto: Kill the Crows / Reprodução

Por meio de desafios diferentes, é possível liberar novos revólveres, poderes especiais e habilidades passivam que auxiliam na partida, mas eu senti que, mesmo com os desafios, era bem fácil desbloquear tudo. Com apenas algumas horas de jogo, a progressão de Kill The Crows já havia morrido, e restava apenas quebrar o recorde pessoal. Mas não vejo isso como ponto negativo, já que o jogo faz um belo trabalho em prender a atenção do jogador, e incentiva o mesmo para ir mais longe de uma forma bem intuitiva e viciante. 

Conclusão

Kill the Crows - Nota 8
Kill the Crows - Nota 8
Foto: Game On / Divulgação

Kill the Crows é um jogo viciante que faz um belo trabalho em colocar o jogador direto na ação. Os inimigos são variados, a jogabilidade é desafiadora, e os gráficos são simples, mas belos. A progressão é um pouco decepcionante, já que é possível desbloquear tudo que o jogo oferece em apenas algumas partidas, mas isso pode ser facilmente resolvido com atualizações futuras.

Kill the Crows está disponível para PC, via Steam.

*Esta análise foi feita com uma cópia do jogo gentilmente cedida pela Krafton.

Fonte: Game On
Compartilhar
Publicidade
Publicidade