PUBLICIDADE

Caminhos Distintos é prova de que RE4 é um dos melhores jogos do ano

Expansão protagonizada por Ada Wong é um excelente motivo para revisitar o sombrio vilarejo que reconquistou os fãs no começo do ano

28 set 2023 - 16h54
Compartilhar
Exibir comentários
Caminhos Distintos, DLC de Resident Evil 4, já está disponível
Caminhos Distintos, DLC de Resident Evil 4, já está disponível
Foto: Reprodução / Capcom

O remake de Resident Evil 4 foi lançado no início do ano e foi um sucesso imediato de crítica e público. Sucesso merecido. A Capcom repetiu a fórmula que usou em 2019 com Resident Evil 2 e entregou para a atual geração uma releitura belíssima e assustadora que figura, tranquilamente, entre os melhores jogos do ano. Caminhos Distintos, a expansão que conta mais sobre a sempre misteriosa Ada Wong, preenche algumas lacunas narrativas e traz novas mecânicas que dão um motivo a mais para revisitar a sombria e isolada vila europeia.

Novidades na exploração e combate

A forma de jogar com Ada pouco muda em relação à forma de se jogar com Leon S. Kennedy na narrativa principal. As armas são praticamente as mesmas, os itens, também. Até o comerciante está ali, dando acesso a um arsenal de armas e melhorias essenciais para a progressão. A grande diferença está na Arma de Gancho, uma marca registrada da espiã.

Com ela, Ada pode alcançar rapidamente alguns lugares que eram impossíveis com Leon, de forma elegante e ágil. Mas, além de um recurso útil em movimentação, a Arma de Gancho também é a protagonista de uma demorada batalha contra um gigante e, versátil, usada até durante os combates mais simples: é possível finalizar inimigos atordoados, mesmo que eles estejam fisicamente distantes, ou retirar os escudos daqueles mais covardes.

Por mais que o combate de Resident Evil 4 continue essencialmente o mesmo em Caminhos Distintos, a possibilidade de atacar inimigos à distância dá uma camadas extra de diversão à jogabilidade. Além disso, é possível usar essa possibilidade estrategicamente para fugir de grupos inimigos e ganhar tempo enquanto sai voando pelo cenário usando inimigos como âncora.

O outro lado da história

Quanto à narrativa, Caminhos Distintos não traz nenhuma reviravolta. Não mostra nada que o jogador já não possa imaginar. A expansão apenas explica melhor alguns momentos-chave, mostra um pouco mais da personalidade e dos questionamentos pessoais de Ada e aprofunda a divertida relação da espiã com o sempre carismático Luis Sera, com o próprio Leon e com seu contratante, Albert Wesker — além de deixar em aberto o futuro nunca contado de Resident Evil 4.

Se você é um veterano calejado da série, que conhece o game original de cor, não espere encontrar nenhuma grande novidade na jornada de Ada Wong, apenas alguns caminhos distintos em relação ao que já viu com Leon S. Kennedy neste remake.

Considerações

Caminhos Distintos é uma excelente oportunidade de reviver um pouco do excelente remake de Resident Evil 4. A curta campanha de cerca de seis horas passa rápido, mas é um complemento indispensável para os fãs.

Resident Evil 4 e o DLC Caminhos Distintos estão disponível para PC, PlayStation 4, PlayStation 5 e Xbox Series X/S. 

*Está análise foi feita com uma cópia da expansão gentilmente cedida pela Capcom.

Fonte: Game On
Compartilhar
Publicidade
Publicidade