6 eventos ao vivo

Zé Roberto Guimarães exalta parceria entre São Paulo e Barueri no vôlei

Técnico diz ser são-paulino e quer aproveitar a força do clube no futebol para alavancar torcida para o vôlei

19 jul 2019
20h06
atualizado às 20h15
  • separator
  • 0
  • comentários

Tricampeão olímpico, o técnico Zé Roberto Guimarães exaltou a parceria entre São Paulo e Barueri no vôlei feminino. A equipe foi apresentada nesta sexta-feira, no Morumbi.

Zé Roberto é são-paulino e disse estar vivendo um sonho. Ele quer aproveitar a força do clube no futebol para alavancar a torcida para a equipe de vôlei.

"Estar aqui é um motivo de orgulho, porque eu torço para o São Paulo, torço, sofro e leio sobre o time. Conheci vários jogadores do São Paulo, porque o time treinou em Barueri. Nunca estive em uma apresentação de um time da Superliga como estamos tendo hoje. Precisamos aproveitar a força do São Paulo para trazer o torcedor, e sei que ele reconhece, sabe que a gente vai lutar", exaltou o treinador.

"Seria muito importante que todos os times de massa do futebol tivesse times em outros esportes, seria um pecado não aproveitar o gancho do futebol, que é uma religião. É como um sonho. Na Turquia, eu pude dirigir o Fenerbahce. Quando ganhamos a Champions Legue da Europa, ficamos duas horas sem conseguir sair do aeroporto por causa de tantos torcedores que queriam celebrar com o time. É outro ambiente, é diferente. Tem muita gente que torce para o Barueri, e acho que essa torcida vai duplicar a partir de agora", acrescentou.

O elenco será formado por Diana (central), Juma (levantadora), Maira (ponta), Thayane (levantadora), Nyeme (líbero), Lays (central), Jheovana (ponteira-oposta), Tai Santos (ponteira), Lorenne (oposta), Larissa (central), Jacke (levantadora), Carol (ponteira), Moara (ponteira) e Mayany (central).

No vôlei feminino, o São Paulo será o terceiro clube de futebol a disputar a Superliga em 2019/2020. O Flamengo conseguiu o acesso pela Superliga B, enquanto o Fluminense já disputava a competição.

O presidente do São Paulo, Carlos Augusto de Barros e Silva, destacou o investimento em esportes olímpicos. O clube estreou no basquete, ficou em segundo lugar na Liga Ouro e disputará o próximo NBB. Além disso, a equipe feminina de futebol luta por um acesso à elite do Campeonato Brasileiro.

"A decisão do São Paulo veio de um contato que tive com o Zé Roberto há quase um ano quando ele veio assistir a um jogo. Ficamos de conversar e chegou o momento. Ele desenvolveu ideias que batiam com filosofia para a parceria com São Paulo, e para nosso torcedor, tem um efeito extraordinário. Já temos um time de futebol feminino, um de basquete masculino, que vai disputar o NBB. Queremos mobilizar os torcedores, como aconteceu com o basquete no jogo final da Liga Ouro, com 3.000 pessoas torcendo", afirmou Leco.

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade