PUBLICIDADE
Logo do Vasco

Vasco

Favoritar Time

SAF do Vasco, 777 Partners tem ativos bloqueados pela justiça da Bélgica

Empresa 777 Partners é julgada pela justiça belga nesta quinta-feira (16) e tem seus bens bloqueados no seu clube, Standart Líège.

16 mai 2024 - 15h12
(atualizado às 15h12)
Compartilhar
Exibir comentários
Foto: Daniel RAMALHO/VASCO / Esporte News Mundo

Empresa SAF do Vasco da Gama, a 777 Partners perdeu nesta quinta-feira (16) uma ação judicial na Bélgica, país onde a empresa possui como dona o clube Standart Liège. De acordo com a emissora de rádio francesa RTBF (Radio-télévision belge de la Communauté française), a decisão jurídica foi de apreensão de todos os bens pertencentes à SAF no país. A denuncia foi realizada pelo ex-presidente do clube, Bruno Venanzi, devido falta de pagamento da 777 Parters ao clube belga.

Além disso, o Vasco da Gama conseguiu uma liminar nesta quarta-feira (15) no Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, onde seria feita a retirada do controle da 777 Partners sobre o Cruz-maltino. Reportado pelo jornalista Alex Wine, a A 4ª Vara Empresarial decidiu suspender provisioramente o poder de acionistas e de investimentos da empresa americana no time carioca, e a empresa estrangeira sofre por uma crise financeira e estrutural não só no Brasil, como também em outros países.

Sendo assim, os salários dos jogadores e funcionários do clube belga podem ser pagos, mas nenhuma transferência do Standart Liège para a 777 Partners será permitido. De acordo com a rádio francesa, existe pouca esperança de que a 777 Partners pague o valor determinado, devido sua crise financeira e problemas jurídicos, o que também poderia abrir um precedente no clube carioca, que neste momento, poderia visar um novo comprador, caso concretizada a venda do clube pela 777 Partners.

+ Para saber tudo sobre o Vasco da Gama, siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook

Dessa forma, ficará indefinido o futuro da atual SAF do Gigante da Colina que neste momento, teve seu confronto contra o Flamengo no sábado (18), adiado devido paralisação determinada pela CBF por duas rodadas do Campeonato Brasileiro, com justificativa sobre a tragédia ocorrida no Rio Grande do Sul, e os clubes Internacional, Grêmio e Juventude, terem sido completamente afetados pelo ocorrido. Assim, a equipe carioca jogará seu próximo jogo contra o Fortaleza, na terça-feira (21), às 21:30, em São Januário, pelo jogo de volta da Copa do Brasil. A partida de ida contra o Leão do Pici na Arena Castelão terminou em 0 a 0.

Esporte News Mundo
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade