0

Luxemburgo e o sonho de voltar à Seleção

Treinador estava esquecido, mas agora volta a um clube grande

9 mai 2019
10h30
atualizado às 12h30
  • separator
  • 0
  • comentários

De volta ao cenário nacional, para treinar o Vasco, Vanderlei Luxemburgo vive faz quase 20 anos à espera de um sonho: o de voltar a ser técnico da Seleção brasileira. Nada é impossível para quem tem no currículo cinco títulos do Brasileiro e outra penca de conquistas importantes. No entanto, nas condições atuais do Vasco, é muito difícil imaginar que ele consiga sobressair diante da falta de mão de obra qualificada no elenco da equipe.

No final dos anos 90, Vanderlei Luxemburgo era considerado por muitos como o melhor técnico do futebol brasileiro. Chegou à Seleção em 1998 com esse status - após brilhar no comando de Palmeiras e Corinthians -, ganhou a Copa América no ano seguinte, mas não resistiu à queda do time olímpico e foi demitido pela CBF em 2000.

Depois disso, teve passagem marcante por Cruzeiro e Santos e outras conturbadas em vários clubes. Estava esquecido até ser resgatado agora pelo Vasco.

O técnico Vanderlei Luxemburgo
O técnico Vanderlei Luxemburgo
Foto: André Fabiano/Código19 / Gazeta Press

O que atrapalhou bastante a trajetória de Luxemburgo foi o envolvimento de seu nome em polêmicas que atingiram em cheio sua imagem. Sofreu danos por sonegação fiscal, falsidade ideológica, acusações diversas. Teve de prestar contas à Justiça inúmeras vezes. 

Ao demiti-lo, em 2000, dias depois da eliminação do Brasil na Olimpíada de Sydney, quando perdeu para Camarões que atuou boa parte do tempo com dois jogadores a menos, o então presidente da CBF, Ricardo Teixeira, confidenciou a amigos que gostaria de dar uma outra oportunidade ao técnico mais para a frente.

Teixeira continuava considerando Luxemburgo o melhor técnico do Brasil naquele momento. Admitiu, porém, que a pressão por mudança na comissão técnica da Seleção era muito grande, principalmente por causa dos problemas de Luxemburgo fora de campo.

Decepcionado por não prosseguir no trabalho visando à Copa do Mundo de 2002, Luxemburgo também repetia entre os mais próximos que retornaria à Seleção. Alimenta essa esperança até hoje e vai tentar fazer mágica no Vasco para dar um salto. O time carioca ocupa a lanterna do Brasileiro.

Veja também

 

Fonte: Silvio Alves Barsetti
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade