0

Sharapova diz que não se preparou adequadamente para Aberto dos EUA

24 ago 2017
18h03
atualizado às 18h03
  • separator
  • 0
  • comentários

Marioa Sharapova, ex-número 1 do mundo, admitiu que não está preparada para o Aberto dos Estados Unidos como ela queria. Este será o primeiro Grand Slam que a russa disputará desde janeiro de 2016, já que ela teve que cumprir uma suspensão por causa de um caso de doping. A tenista de 30 anos retornou ao circuito em abril deste ano após uma suspensão, que inicialmente era de dois anos, ter sido reduzida para 15 meses.

"Eu não tive a melhor preparação (para o Aberto dos Estados Unidos) se eu for ser honesta", declarou Sharapova ao canal oficial do torneio no Periscope. "Eu desisti dos torneios que eu deveria ter disputado por causa de lesões, o que foi decepcionante".

A atual número 147 do mundo, que já conquistou os quatro Grand Slams, não participou ao Aberto da Austrália, Roland Garros ou Wmbledon neste ano. Na competição francesa, a organização optou por não estender um convite a Sharapova.

"Ficar me recuperando por muitas semanas se não participar de Wimbledon e dos eventos preparatórios foi decepcionante. Eu estava muito pronta e amo jogar nos Estados Unidos e no Canadá. Passei muito tempo treinando na Flórida e fiquei feliz de pegar o avião para Nova York", declarou.

Maria Sharapova tem um histórico impressionante no Aberto dos Estados Unidos. Em dez participações, ela foi duas vezes para a semifinal e conquistou o torneio em 2006. Sua última partida em Flushing Meadows foi na quarta rodada da edição de 2014, quando ela foi derrotada por Caroline Wozniacki, que perdeu por parciais de 6/4, 2/6 e 6/2.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade