1 evento ao vivo

Serena atropela chinesa em apenas 44min e vai à semifinal do US Open

Americana derrota Wang Qiang por 2 sets a 0, com parciais de 6/1 e 6/0

3 set 2019
21h56
  • separator
  • 0
  • comentários

Em sua melhor exibição neste US Open até agora, Serena Williams não deu qualquer chance à chinesa Wang Qiang e avançou à semifinal em apenas 44 minutos de jogo, em Nova York, nos Estados Unidos. Na noite desta terça-feira, a tenista da casa cedeu apenas um game à 18ª cabeça de chave e fechou o jogo em sets diretos, com parciais de 6/1 e 6/0.

A dona de seis títulos no US Open conquistou sua 100ª vitória no Grand Slam americano e avançou à semifinal de um Slam pela 38ª vez em sua vitoriosa carreira. Em seu próximo jogo, ela tentará alcançar a 33ª final. Se isso acontecer, tentará mais uma vez atingir a 24ª taça de Slam, se igualando ao recorde da australiana Margaret Court.

Na busca pela vaga na decisão, Serena terá pela frente a ucraniana Elina Svitolina, atual número cinco do mundo. Mais cedo, ela superou a britânica Johanna Konta por duplo 6/4. No retrospecto direto entre ucraniana e americana, a 8ª do ranking leva vantagem, de quatro vitórias contra apenas uma da rival. Svitolina, contudo, venceu o último confronto entre elas, nos Jogos Olímpicos do Rio-2016.

Serena chegará embalada para este jogo, marcado para quinta-feira. Nesta noite, a partida contra Wang Qiang foi quase um treino. Além da rapidez, Serena esbanjou força e precisão em seus golpes, de todos os cantos da quadra. Para se ter noção do domínio dela, a tenista da casa disparou 25 bolas vencedoras, contra nenhuma da adversária.

Neste ritmo, ela aproveitou as cinco chances de quebra cedidas pela rival e não teve o seu serviço ameaçado em nenhum momento da partida. No total de pontos, Serena anotou 50, mais que o triplo dos 15 registrados pela chinesa, disparidade muito incomum no tênis atual.

A outra semifinal feminina será definida nesta quarta-feira. Todas as quatro tenistas na disputa são cabeças de chave, mas nenhuma delas já chegou a uma final de Grand Slam.

A suíça Belinda Bencic vai encarar a croata Donna Vekic, e a belga Elise Mertens enfrentará a canadense Bianca Andreescu, maior destaque da nova geração, responsável por eliminar a japonesa Naomi Osaka, atual campeã e número 1 do mundo.

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade