1 evento ao vivo

Nadal vence Del Potro em quase 5h e vai à semi em Wimbledon

O espanhol e o argentino se enfrentaram em 4h48 na grama de Wimbledon

11 jul 2018
17h34
atualizado às 18h06
  • separator
  • comentários

Rafael Nadal segue vivo em busca do título de Wimbledon e avança às semis na grama de Londres após sair vitorioso contra Juan Martin Del Potro, em um jogo de quase 5 horas de duração. O espanhol conseguiu virar a partida e vencer por 3 sets a 2, com parciais de 7/5, 6/7 (7), 4/6, 6/4 e 6/4, em 4h48, voltando para a semifinal do Grand Slam após seis anos.

A emoção do jogo contou com duas viradas e um equilíbrio grande entre os tenistas, que fizeram um embate de altíssimo nível para o público nesta quarta-feira (11). Nadal começou sabendo contornar melhor o adversário e saiu na frente após aproveitar uma chance de quebra no último game da primeira parcial.

Nadal venceu Del Potro e está nas semifinais
Nadal venceu Del Potro e está nas semifinais
Foto: Andrew Coudridge / Reuters

O segundo set teve um Del Potro mais agressivo, arriscando nas devoluções. O argentino sabia que não podia deixar Nadal abrir 2 sets a 0 e lutou para conseguir uma quebra importante. No entanto, o espanhol não deixou Delpo abrir boa vantagem e forçou o tie-break, vendendo caro o empate. A vitória embalou Del Potro, que começou bem o terceiro set. Errando pouco, ele confirmou todos os seus serviços e esperou uma chance no último game de Nadal sacando para quebrar o adversário e virar o jogo.

Precisando ganhar dois sets, o espanhol aumentou a intensidade de seu jogo e viu um Del Potro parecer mais cansado. Se aproveitando disso, Nadal acertou nas devoluções no quinto game e quebrou o saque do argentino. Administrando bem a vantagem, ele voltou ao jogo, forçando o set decisivo. Já esgotado fisicamente, Del Potro cedeu uma quebra ainda na metade da parcial. Ainda assim, o argentino lutou por todas as bolas, mas não conseguiu superar Nadal e após quase 5 horas, viu o adversário fechar a partida.

Nadal encara a final antecipada contra Djokovic. Os dois se enfrentaram pela última vez em Wimbledon na final de 2012, quando o sérvio foi campeão. O espanhol busca o tricampeonato na Inglaterra.

Veja também:

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade