PUBLICIDADE

Kerber é eliminada em Wimbledon e perderá topo do ranking

10 jul 2017 11h00
| atualizado às 11h21
ver comentários
Publicidade

Na manhã desta segunda-feira, a número 1 do ranking, a alemã Angelique Kerber, não teve um dos seus melhores dias, não viu sua arma principal, o contra-ataque, funcionar com tanta precisão e foi eliminada nas oitavas de final de Wimbledon pela espanhola Garbiñe Muguruza por 2 sets a 1, parciais de 4/6, 6/4 e 6/4. Com isso, Kerber perderá o posto de melhor do mundo.

A tenista alemã Angelique Kerber
A tenista alemã Angelique Kerber
Foto: Reuters

No primeiro set, Muguruza deu indícios de que a vida da alemã não seria fácil. O bom início, com ataques agressivos, passou a ser controlado mais para o final do set quando Kerber, com o contra-ataque brilhante que costuma apresentar, travou o estilo de jogo rival e fechou em 6/4.

Na segunda rodada, um panorama diferente: a espanhola começou mal, sofrendo uma quebra de serviço logo de cara, mas depois reagiu. Correndo bastante, a tenista conseguiu encaixar algumas bolas de ataque, principalmente no fundo, e neutralizar o contra-ataque da rival. Com isso, venceu por 6/4.

Com a vitória do set anterior, Muguruza ganhou confiança e, ao lado de sua adversária, tramou um grande duelo de estilos na parcial decisiva - assim como foi durante todo o confronto. Com bolas de fundo, voltou a incomodar e neutralizar o jogo de Kerber, que se defendia bem. No decorrer do set, porém, a espanhola melhorou seu desempenho na rede, o que foi decisivo para vencer o oitavo game. Pressionando a rival, Muguruza repetiu a história do segundo set, fez 6/4 e conquistou a vitória.

Agora, duas tenistas podem se tornar a número 1 do mundo. Eliminada na segunda rodada de Wimbledon, a tcheca Karolina Pliskova tem mais pontos e, por enquanto, está na frente da alemã. Quem segue viva no torneio e pode assumir o topo do ranking é a romena Simona Halep, atualmente segunda da WTA. Para isso, ela precisa avançar à semifinal da competição - ainda nesta segunda, ela enfrenta a bielorrussa Victoria Azarenka, também em jogo válido pelas oitavas de final.

O momento glorioso do tênis masculino:
Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade