PUBLICIDADE

Halep dá nome à nova espécie de inseto descoberta na Romênia

Cientistas homenageiam a ex-número 1 do mundo após descobrirem o animal na costa do Mar Negro

20 set 2021 15h31
| atualizado às 16h20
ver comentários
Publicidade

A tenista romena Simona Halep, ex-número 1 do mundo, "emprestou" seu nome a uma nova espécie de inseto descoberta na costa do Mar Negro. Cientistas da área de parasitologia e enfermidades parasitárias da Universidade de Agricultura e Medicina Veterinária da Romênia nomearam o flebotomíneo, ou mosquito-palha, como Phlebotomus simonahalepae.

Simona Halep é homenageada por pesquisadores romenos e dá nome a inseto descoberto na costa do Mar Negro.
Simona Halep é homenageada por pesquisadores romenos e dá nome a inseto descoberto na costa do Mar Negro.
Foto: Reprodução/Reuters / Estadão

O Prof. Dr. Andrei Mihalca, da matéria de Parasitologia e Enfermidades Parasitárias, explica o motivo da homenagem a Halep, vencedora do torneio de Wimbledon e Roland Garros. "A descrição de uma nova espécie é um processo longo e complexo e, ao mesmo tempo, um ato de responsabilidade. A ideia de nomear a espécie em homenagem a Simona Halep nos ocorreu durante uma conferência sobre flebotomias (coleta de sangue), que ocorreu em Galápagos, porque a localidade típica onde se realizou o estudo é muito perto da casa natal de nossa tenista, disse.

Mihalca afirmou que a notícia de que a tenista havia consentido com a ideia e se sentido honrada pela iniciativa dos pesquisadores foi recebida com muita alegria. "Dedicamos este descobrimento científico a Simona Halep, como um sinal de honra e apreciação por suas atuações e por como o nome da Romênia está no mundo", completou.

Atualmente, a romena é a número 14 no ranking da Associação de Tênis Feminino, a WTA. Aos 29 anos, Halep tem uma grande importância em seu país por ter conquistado dois títulos de Grand Slam. Em 2018, venceu o torneio de Roland Garros, em Paris, e no ano seguinte, faturou Wimbledon, competição tradicional disputada em Londres.

Os flebotomíneos são uma família de insetos que, entre seus membros, se encontram hematófagos, animais que se alimentam de sangue. Estas moscas são vetores de transmissão de doenças como a leishmaniose, uma infecção por parasitas causadas pela picada do flebotomíneo fêmea.

Estadão
Publicidade
Publicidade