PUBLICIDADE

Brasil visita Alemanha para se manter na elite da Davis

10 abr 2013 07h14
| atualizado às 08h53
ver comentários
Publicidade
<p>Brasil, de Bellucci, visitará Alemanha em setembro</p>
Brasil, de Bellucci, visitará Alemanha em setembro
Foto: AP

Embora tivesse muitas chances de jogar em casa, a equipe brasileira terá de viajar para fora do País tentando se manter no Grupo Mundial da Copa Davis. Sorteio realizado na manhã desta quarta-feira colocou o Brasil para enfrentar a Alemanha. O confronto válido pela repescagem ocorrerá entre 13 e 15 de setembro.

O Brasil, que retornou ao Grupo Mundial da Davis nesta temporada e perdeu na primeira rodada na visita aos Estados Unidos, não foi cabeça-de-chave do sorteio e poderia enfrentar equipes como a Suíça, de Roger Federer, e a Espanha, de David Ferrer e Rafael Nadal.

Embora tenha evitado esses confrontos, o time comandado por João Zwetsch não teve sorte para conseguir atuar em casa, o que lhe daria ainda a vantagem de escolher o piso de jogo. Entre os oito cabeças de chave que o Brasil poderia enfrentar, apenas contra Austrália e Alemanha o confronto seria como visitante, enquanto que contra o Japão haveria um sorteio de mando pois o duelo seria inédito.

A Alemanha conta atualmente com três tenistas entre os 30 melhores do ranking mundial: Tommy Haas é o 18º colocado, enquanto que Philipp Kohlschreiber é o 21º e Florian Mayer, o 28º. O único brasileiro no top 100 da lista é Thomaz Bellucci, o número 40 do mundo.

Brasil e Alemanha já se enfrentaram cinco vezes na história da Davis, com vantagem de três vitórias para a equipe europeia. O último encontro foi realizado em 1992, no Rio de Janeiro, onde os brasileiros triunfaram por 3 a 1, em uma quadra de saibro descoberta. Na ocasião, Luiz Mattar, Cássio Motta, Jaime Oncins e Fernando Roese defendiam a equipe nacional. Os alemães contaram com Boris Becker, Carl-Uwe Steeb, Markus Zoecke e Eric Jelen. 

Confira os confrontos da repescagem do Grupo Mundial da Copa Davis:
(As equipes do lado esquerdo jogarão dentro de casa)

Japão x Colômbia
Bélgica x Israel
Polônia x Austrália
Alemanha x Brasil
Suíça x Equador
Croácia x Grã-Bretanha
Holanda x Áustria 
Espanha x Ucrânia

Fonte: Terra
Publicidade
Publicidade