0

Basilashvili derrota Del Potro e é campeão do ATP 500 de Pequim

7 out 2018
11h12
atualizado às 11h12
  • separator
  • comentários

Neste domingo, Nikoloz Basilashvili e Juan Martin Del Potro fizeram a final do ATP 500 de Pequim, um dos torneios preparatórios para o Masters 1000 de Shangai e o resultado marcou a excelente temporada do tenista da Geórgia. Mesmo o argentino ser o atual número quatro do mundo e ser o cabeça de chave número 1 do torneio, o georgiano jogou em altíssimo nível e conquistou o título após vencer por 2 sets a 0, em um duplo 6/4.

O resultado se torna um dos momentos mais marcantes da história da Geórgia, que tem pouca expressão não só no tênis como em boa parte das modalidade esportivas. A conquista se torna ainda mais impactante já que há algumas semanas Basilashvili tinha conquistado o ATP 500 de Hamburgo, outro importante título do calendário da ATP e que se tornou o primeiro troféu vencido por um tenista georgiano.

Curiosamente, a conquista em solo alemão veio após Basilashvili vencer a decisão também em cima de um tenista da Argentina. Enquanto que neste domingo o triunfo veio diante de Del Potro, o título de Hamburgo veio após vencer Leonardo Mayer por 2 sets a 1, 6/4, 0/6 e 7/5.

O título do ATP 500 de Pequim veio graças ao excelente nível de tênis que o georgiano teve durante toda a partida. No primeiro set, Basilashvili conseguiu a quebra no terceiro game, o suficiente para que ele mantivesse o serviço e não deixasse o argentino igualar o marcador. Com isso, vitória na primeira parcial por 6/4 e vantagem na grande decisão do torneio chinês.

Confiante, o tenista da Geórgia manteve o alto nível, mas Del Potro jogou com mais intensidade e exigiu mais do adversário, que não tinha mais tanta facilidade para confirmar seu serviço. Um exemplo foi o oitavo game, quando Basilashvili precisou salvar três break-points para evitar que o argentino abrisse vantagem na parcial.

Só que as chances perdidas pelo tenista sul-americano foram fatais, já que, após confirmar o duro game, Basilashvili conseguiu quebrar o saque de Del Potro na sequência e sacou para vencer a parcial novamente por 6/4 e a partida por 2 sets a 0, conquistando assim seu segundo título ATP 500 e o segundo troféu na carreira.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade