PUBLICIDADE
Logo do Sport

Sport

Favoritar Time

'Voltarei mais forte', diz Escobar sobre ataque a ônibus do Fortaleza

Argentino teve trauma cranioencefálico e levou 13 pontos após ataque; Escobar pediu punição aos torcedores envolvidos na emboscada

22 fev 2024 - 19h16
(atualizado às 20h53)
Compartilhar
Exibir comentários
Foto: Mateus Lotif/Fortaleza EC - Legenda: Escobar desembarcou em Fortaleza com curativo / Jogada10

O lateral-esquerdo Gonzalo Escobar, do Fortaleza, se manifestou após o ataque de torcedores do Sport ao ônibus do Leão do Pici na última quarta-feira, 21. O argentino, que sofreu um sofreu trauma cranioencefálico, disse, afinal, que está bem e que logo estará de volta.

"Bom, primeiro quero que minha família e meus amigos saibam que estou bem. Obrigado a todas as pessoas que se preocuparam e escreveram, mandaram forças e oraram por toda a equipe. Agora em casa, é mais tranquilo contar. Felizmente não tive uma tragédia, aqui com 13 pontos no rosto, mais algumas manchas. Leão, logo voltarei a lutar", postou o atleta nas redes sociais.

Escobar levou 13 pontos na cabeça e desembarcou na capital cearense com muitos curativos. O jogador de 26 anos, porém, pediu punição aos envolvidos.

"O resto ficará a cargo da Justiça ou dos responsáveis. Isso não funciona no futebol, somos seres humanos trabalhadores como todos, temos família e filhos que nos esperam em casa também", declarou.

Segundo o Fortaleza, afinal, seis atletas ficaram com ferimentos mais graves e precisaram de assistência no hospital. São eles: Titi, Brítez, João Ricardo, Sasha, Dudu e Escobar.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Jogada10
Compartilhar
Publicidade
Publicidade