1 evento ao vivo

Oposição no São Paulo vai apostar em filho de ex-presidente para presidir o Conselho

26 jun 2020
15h08
atualizado às 17h53
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Marcelo Marcucci Portugal Gouvêa será o candidato à presidência do Conselho Deliberativo do São Paulo pelo grupo político "Nova Força", que se tornou oposição à gestão de Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco.

A Gazeta Esportiva apurou que a decisão pelo filho do ex-presidente Marcelo Portugal Gouvêa já está tomada. A convenção do grupo, que deve acontecer em breve, mas ainda não tem data marcada, servirá apenas para oficializar o nome à chapa.

José Roberto Ópice Blum ainda pleiteava a candidatura e era o concorrente direto a Marcelo Marcucci depois que Homero Bellintani decidiu deixar a disputa por conta própria.

Desta maneira, agora a expectativa dentro do grupo é pelo lançamento do nome do candidato à presidência do clube. Marco Aurélio Cunha e Roberto Natel travam este embate, enquanto Sylvio de Barros corre por fora.

Marcelo Marcucci Portugal Gouvêa participou da elaboração do novo estatuto do clube (Foto: Divulgação)
Marcelo Marcucci Portugal Gouvêa participou da elaboração do novo estatuto do clube (Foto: Divulgação)
Foto: Gazeta Esportiva

O escolhido disputará as eleições de dezembro com Júlio Casares, atual membro do Conselho de Administração, mas que não tem se apresentado como candidato da situação.

Casares vai representar a coalizão de oito grupos que se uniram para formar o "Juntos pelo São Paulo".

Esta coalizão também terá Olten Ayres de Abreu Junior como candidato à presidência do Conselho Deliberativo. Ou seja, será Olten o adversário de Marcelo Marcucci Portugal Gouvêa.

Até o momento, Leco ainda não se manifestou sobre a quem dará seu apoio, e se o fará. O pleito que vai eleger os líderes do São Paulo para o próximo triênio está agendado para dezembro e apenas conselheiros têm poder de voto.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade