1 evento ao vivo
Logo do São Paulo
Foto: Marcos Bezerra / Futura Press

São Paulo

Conselheiros do São Paulo cobram Pinotti; Leco sofre representação

9 out 2017
18h23
  • separator
  • comentários

Se a situação do São Paulo em campo foi brevemente aliviada com a vitória sobre o Sport Recife na última rodada, nos bastidores o clima continua quente. Conselheiros de oposição política do clube formalizaram um pedido de reunião extraordinária para que Vinicius Pinotti, ex-gerente de marketing e atual diretor executivo de futebol, explique e tire dúvidas sobre sua relação com Alan Cimerman, também ex-homem forte do marketing são-paulino, que teve um esquema de extravio de R$ 1,5 milhão desvendado recentemente.

A manobra, que remete a desvios de ingressos e locações de camarote, foi planejada em cima de dois eventos que o estádio do Morumbi irá receber até o fim do mês que vem: shows de U2 (nos dias 19, 21, 22 e 25 de outubro) e Bruno Mars (22 e 23 de novembro).

Além de buscar esclarecimentos, principalmente quanto a relação pessoal de Pinotti com Cimerman, o grupo de conselheiros também protocolou a solicitação da criação de uma Comissão Executiva para avaliar quais são os critérios para distribuição de ingressos e o benefício que é gerado ao clube.

Por causa dos shows envolvidos na polêmica, o São Paulo terá de ficar longe de sua casa até a última rodada do Campeonato Brasileiro, quando receberá o Bahia. No Cícero Pompeu de Toledo, a torcida tricolor vinha batendo recordes atrás de recordes nos últimos jogos.

Se confirmada, a ida de Vinicius Pinotti para dar esclarecimento ao Conselho Deliberativo não será uma ação inédita. No fim do mês de agosto, o executivo, ao lado de Leco à época, passou cerca de duas horas respondendo a uma sabatina dos membros do órgão sobre diversas questões polêmicas que já envolviam a atual administração.

E não bastasse todo esse imbróglio, o conselheiro Miguel Mauad também protocolou uma representação contra o presidente do clube, Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco. Desafetos declarados, Mauad e Leco se desentenderam após o clássico contra o Corinthians, ainda dentro do Morumbi. O conselheiro Mauad chegou a registrar um Boletim de Ocorrência na polícia e agora espera que o mandatário seja punido com uma suspensão de suas atividades.

Veja os documentos oficiais protocolados junto a direção do Conselho Deliberativo do São Paulo:

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade