2 eventos ao vivo

Jean Mota explica confusão com Melo e admite jogo ruim do Santos

18 mai 2019
21h39
  • separator
  • 0
  • comentários

Já perto da reta final do segundo tempo, na goleada do Palmeiras para cima do Santos, o volante Felipe Melo e o meia Jean Mota se envolveram em um princípio de confusão, que resultou em um cartão amarelo distribuído ao atleta do Verdão.

De acordo com Melo, o jogador do Santos pisou em sua mão em uma reposição de bola. Após o experiente volante esbravejar contra a arbitragem, Jean Mota se defendeu e deu sua versão do lance.

"Não quero falar. Fui pisar na bola, ele estava com a mão na bola, não sei se pegou ou não. Só pisei na bola e saí jogando, até o juiz viu e não falou nada. Se ele falou que eu machuquei ele, não foi minha intenção", afirmou a TNT.

O meia também admitiu que os comandados de Jorge Sampaoli não tiveram uma boa atuação na partida e que, por conta do placar adverso no início do confronto, o Santos precisou adotar uma postura mais ofensiva do que o costume.

"Não fizemos um bom jogo, ele saíram na frente. Sabíamos que a bola parada deles era forte. O segundo tempo foi o tudo ou nada, tivemos que ir pra frente e consequentemente tem os contra-ataques e eles acabaram matando", completou, antes de, por fim, tentar justificar as opções de Sampaoli para o clássico.

"Opção dele. Ele é o treinador. Ele sempre tem falado que quer o time 100% e ele pensou que esse era o time 100%. O Ferraz vinha de uma sequência e o Jorge de uma lesão, não sei que estava 100%", finalizou.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade