PUBLICIDADE
Logo do

Santos

Meu time

Carlos Sánchez valoriza semana cheia para treinos no Santos

Uruguaio desfalcou o Santos na partida contra o Ceará devido a um entorse no tornozelo, mas vai voltar ao time na partida deste domingo diante do Juventus, em Caxias

24 set 2021 10h02
| atualizado às 10h02
ver comentários
Publicidade

O Santos segue na preparação para o duelo com o Juventude no próximo domingo (26), às 16h, no estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul, pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro de 2021.

Carlos Sánchez deve voltar ao Santos na partida contra o Juventude (Foto: Ivan Storti)
Carlos Sánchez deve voltar ao Santos na partida contra o Juventude (Foto: Ivan Storti)
Foto: Lance!

Recuperado de uma entorse de tornozelo direito, o meia Carlos Sánchez vem trabalhando com o grupo no CT Rei Pelé e deve ficar à disposição para o duelo no Sul.

O uruguaio valorizou a primeira semana cheia de trabalho sob o comando de Fábio Carille e quer o Peixe esquecendo os tropeços das últimas partidas para alcançar a recuperação no Brasileiro.

- Importante nos adaptarmos rápido à ideia e ao sistema que quer o Carille. Estaremos à disposição para fazermos o melhor de nós para que a fase ruim passe rápido e que encontremos os três pontos que estamos procurando há um tempo. Com trabalho e dedicação, podemos fazer um grande jogo domingo. É um jogo muito importante, sem pensar no que já passou, mas sim em ganhar e jogar o jogo que o treinador pede - afirmou.

Para o duelo com o Juventude, Sánchez deve atuar pela primeira vez no Santos ao lado do amigo Emiliano Velázquez. Fora da partida contra o Ceará, no último sábado (18), em Fortaleza, o meia não viu a estreia do zagueiro uruguaio no empate em 0 a 0 no Castelão.

- Já estivemos juntos na seleção do Uruguai e falei para ele que queria estar no jogo do Ceará, mas meu tornozelo não deixou. Estava muito inchado. E que domingo joguemos juntos. É sempre um prazer jogar com um compatriota e ajudar a ele, que chegou recentemente. Que ele se adapte rápido. E ajudar não só a ele, mas a todos, sempre à disposição do professor. Precisamos ganhar jogos e se Deus quiser vamos fazer um grande jogo - ressaltou Sánchez.

Lance!
Publicidade
Publicidade