1 evento ao vivo

Rio e Madri estão na final por 2016; Tóquio e Chicago são eliminadas

2 out 2009
12h25
atualizado às 13h03

Rio de Janeiro e Madri estão na final da disputa para sediar os Jogos Olímpicos de 2016. Depois da eliminação de Chicago e Tóquio, a cidade brasileira e a capital espanhola permaneceram na briga para receber a Olimpíada. A cerimônia da escolha da sede é realizada na cidade dinamarquesa de Copenhague, nesta sexta-feira.

» Por 2016, Madri destaca "instalações prontas" e "candidatura segura"
» Rio 2016 aposta em "legado real" e maciço apoio popular
» Em apresentação, Chicago
usa Obama para atrair votos

» Tóquio destaca o valor
dos Jogos aos jovens

» Comente as eliminações

Chicago apostou na imagem do presidente Barack Obama para conquistar votos. No entanto, mesmo sendo cotada como uma das favoritas, acabou eliminada logo no primeiro turno. Obama, inclusive, não ficou em Copenhague para ver a derrocada, uma vez que embarcou para os Estados Unidos logo após a apresentação de Chicago.

Já Tóquio preferiu apostar na sua forte infraestrutura, tecnologia, no valor dos Jogos para os jovens e, principalmente na preocupação com o meio-ambiente, prometendo uma Olimpíada sem poluição. No entanto, a estratégia japonesa não convenceu os membros do COI.

Todos os integrantes do COI, com certas exclusões, têm permissão de votar. Cerca de 115 membros eram esperados em Copenhague.

Muitos deles são pessoas com experiência em gestão no esporte ou até mesmo ex-atletas. Nem todos os países têm membros no COI e as maiores nações no âmbito esportivo, como EUA, Rússia e Alemanha, têm vários membros.

O presidente do COI, Jacques Rogge, não vota, a não ser que seja necessário um voto em caso de empate. Membros de países com uma cidade candidata, como é o caso de Brasil, Japão, Espanha e Estados Unidos. também estão excluídos, enquanto sua candidatura ainda compete.

Para vencer, um candidato precisa de mais de 50% dos votos depositados em uma urna eletrônica. Se nenhum candidato alcançar a cifra, o candidato com menos votos é eliminado e uma nova votação é realizada.

As cifras não são anunciadas, só o nome do candidato eliminado. As cifras da votação só são divulgadas depois que o presidente anunciar o vencedor.

Fonte: Terra
publicidade