0

Por que Corinthians tem que temer o ‘matador de gigantes’

Timão está invicto na Copa Sul-Americana, mas precisa de bom resultado em casa, porque Independiente del Valle venceu todas as partidas em Q

18 set 2019
13h07
  • separator
  • 0
  • comentários

O matador de gigantes. Assim a imprensa equatoriana tem se referido ao Independiente del Valle, que disputa uma vaga na final contra o Corinthians. Pode soar exagerado, mas a equipe acabou de deixar o xará argentino Independiente pelo caminho, o maior vencedor da história da Libertadores (7 títulos) e também da própria Sul-Americana ao lado do Boca Juniors (2 títulos).

Na caminhada para a semifinal, o Del Valle eliminou ainda outro time argentino, o Unión Santa Fé, passou pelo tradicional Universidad Católica, do Chile, e despachou o maior campeão venezuelano, o Caracas. A tática para ficar entre os semifinalistas foi uma só: apostar todas as fichas em vitórias na altitude de 2.850 metros de Quito. 

O técnico do Corinthians, Fabio Carille
O técnico do Corinthians, Fabio Carille
Foto: Sergio Barzaghi / Gazeta Esportiva

Para a partida contra o Corinthians, o técnico Miguel Ángel Ramirez fala em vitória, o que seria uma façanha inédita. O maior resultado fora de casa foi conquistado contra o Caracas (empate de 0 x 0). O time perdeu os outros três jogos, mas em Quito derrotou todos os rivais, fazendo dez gols, em quatro partidas. Fez 2 x 0 no Unión, 5 x 0 no Universidad Católica, 2 x 0 no Caracas e 1 x 0 no Independiente.

Será o duelo do segundo melhor ataque da Sul-Americana, o do Independiente, com 13 gols, contra uma defesa que só tomou quatro gols, em 8 jogos, a do Corinthians. Além disso, um dos dois perderá a invencibilidade ao final do duelo. Ou o time equatoriano deixará de ser 100% em casa ou o Timão perderá a invencibilidade no torneio. Mesmo que isso aconteça, o time de Carille poderá passar para a final, desde que consiga uma vitória contundente nesta quarta-feira.

Veja também

 

Paradinha Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade