0

Débora Vilalba aposta em empate com gol de Love no dérbi

Apresentadora, jornalista e corintiana, Débora acredita na força da camisa alvinegra

1 fev 2019
18h23
  • separator
  • 0
  • comentários

Débora Vilalba já apresentou o Globo Esporte, em São Paulo, foi repórter do programa “A Liga” na TV Bandeirantes, passou por Record e Rede TV, mas gosta de acrescentar ao currículo um outro dado interessante. “Nunca vi o Corinthians perder no estádio. Em 2012, o Palmeiras era mandante no Pacaembu, o estádio completamente verde e o Corinthians venceu por 2 x 0 no Brasileiro. Em 2010, vi um Santos e Corinthians, ao lado do Clodoaldo, na Vila Belmiro, e o Timão venceu por 3 x 2. Era a volta do Neymar que tinha sido afastado pelo Dorival Júnior. E em 2013 meu namorado, que é são-paulino, me levou no Morumbi e o Corinthians ganhou de 2 x 1, com um gol de pênalti do Pato”, relembra a jornalista, que já foi modelo e bicampeã paulista de jiu-jitsu.

De família inteira corintiana, Débora passou por maus bocados na Bombonera, em 2012, quando foi como jornalista do programa “A Liga” cobrir o primeiro jogo da decisão entre Boca e Corinthians, infiltrada na torcida do time argentino. Quando Romarinho fez o gol de empate, descobriram que ela e outro produtor eram brasileiros. “Os caras ficaram revoltados. Tomei vários tapas na cabeça, uns murros nas costas e vários chutes na canela”, recorda.

Débora Vilalba e Jorge Henrique, em 2012
Débora Vilalba e Jorge Henrique, em 2012
Foto: Arquivo pessoal

Apesar da má fase corintiana no Paulistão, Débora acredita na superação alvinegra. “Não tem essa do Corinthians não ter começado o Paulista bem. A camisa pesa e o adversário sente a pressão. O Palmeiras chega cheio de moral, porque é campeão brasileiro, mas tudo pode acontecer. Acho que vai terminar 1 x 1. Um empate com gol do Love vai ser uma vitória pra gente”, brinca Débora, que aposta na entrada em campo do novo reforço corintiano.

Paradinha Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade