PUBLICIDADE

Papo com Castroneves: Nas pistas de dança!

Piloto volta a se apresentar no "Dancing with the Stars"

10 dez 2023 - 16h16
Compartilhar
Exibir comentários

Olá, amigos, tudo bem?

Foto: Lance!

Esta semana foi diferente em termos de pista. Voltei momentaneamente para a pista de dança. Como vocês sabem, tive uma experiência incrível, em 2007, quando participei e venci o super famoso prêmio de dança dos Estados Unidos, o "Dancing With the Stars", da rede de televisão ABC.

Claro que eu nada sabia de dança, mas o que me salvou e permitiu que eu tivesse sucesso naquela temporada do programa foi treinamento, muito treinamento. Além de me dedicar muito, pois não queria ser eliminado na primeira semana, tive como professora a incrível Julianne Hough, uma artista completa, fantástica, que foi minha parceira na conquista do tão cobiçado Mirror Ball Trophy.

Eu já estava nos Estados Unidos, como piloto, desde 1996, havia vencido a Indy 500 em 2001 e 2002 e, obviamente, já era bastante popular por aqui. Mas vencer o Dancing permitiu que a minha imagem atingisse um público completamente novo, aquele que não era ligado nas corridas da Indy, mas grande fã do Dancing.

A partir daquele momento, eu passei a me ligar numa coisa que, até então, nem pensava. Obviamente que, antes do Dancing, as pessoas que se aproximavam de mim eram fãs de corridas. Mas, com a vitória fazendo dupla com a Julianne, eu passei a diferenciar os fãs do "piloto que também dança" dos fãs do "dançarino que também pilota carros de corrida".

Ainda que passados 16 anos desde a minha vitoriosa participação, minha imagem continua muito vinculada ao Show, tanto que voltei a me apresentar algumas vezes depois disso. A mais recente delas foi na segunda e terça agora, dias 4 e 5.

Diversos ex-campeãs e ex-campeões foram convidados para participar da grande final desta temporada. Mas tudo isso era surpresa para o público. Como já disse, eu não sou dançarino, mas sim um atleta que precisou treinar bastante para adquirir as habilidades necessárias.

Para não fazer feio, fui para Los Angeles quase uma semana antes e treinei bastante. Além de ter sido uma alegria ter participado e rever tantos amigos que fiz no Dancing, peguei o ritmo e a apresentação foi muito legal. O público adorou a surpresa de ver os vencedores de temporadas anteriores.

Realmente, foi uma participação que me deixou muito feliz, mas já estou de volta para muitas atividades e tem muita coisa ainda para fazer antes do Natal.

Abraço a todos e até a próxima.

Lance!
Compartilhar
Publicidade
Publicidade