PUBLICIDADE
Logo do

Palmeiras

Meu time

Torcida do Palmeiras se aglomera em aeroporto antes de viagem

Elenco viaja para a decisão da Libertadores contra o Santos, no estádio do Maracanã, no sábado

27 jan 2021 16h05
| atualizado às 16h34
ver comentários
Publicidade

Um grupo de torcedores do Palmeiras se aglomerou na tarde desta quarta-feira para se despedir do time. A delegação viajou à tarde rumo ao ao Rio de Janeiro para a disputa da Copa Libertadores, no próximo sábado, contra o Santos. A equipe chegou ao aeroporto de Guarulhos recepcionada por cerca de 50 pessoas, algumas delas reunidas do lado de fora do terminal sem máscaras e sem respeitar o distanciamento social recomendado durante a pandemia do novo coronavírus.

Foto: Reprodução

A delegação do Palmeiras deixou a Academia de Futebol, na Zona Oeste da capital, pouco depois das 14h. Os jogadores e a comissão técnica embarcaram em um ônibus e receberam o carinho de funcionários do clube. Cozinheiros, faxineiros, seguranças e jardineiros se posicionaram perto do portão para demonstrar apoio e cumprimentar o time na saída rumo ao aeroporto de Guarulhos.

No terminal de embarque, dezenas de torcedores se aglomeraram para esperar a passagem do ônibus. Mesmo durante a pandemia do novo coronavírus, alguns estavam até sem máscara e reunidos em um gramado. Os palmeirenses levaram bandeiras da organizada e sinalizadores enquanto cantavam para incentivar o time. A Polícia Militar acompanhou a movimentação no local para escoltar o veículo.

A celebração da torcida para apoiar o elenco no aeroporto é chamada popularmente de "Aeroporco". A festa ficou bastante popular na reta final do Campeonato Brasileiro de 2016, quando o time voltou a ganhar a competição após 22 anos. Nas últiams temporadas, o ritual se manteve antes de partidas decisivas.

Os palmeirenses embarcaram em um avião decorado com o escudo do time e preparado especialmente para levar a delegação rumo ao Rio de Janeiro. Os jogadores treinaram pela manhã em São Paulo e agora só voltam ao trabalho na quinta-feira a tarde, em uma atividade marcada para o estádio do Engenhão. Na sexta o elenco vai ao Maracanã para um trabalho de reconhecimento do gramado. O técnico Abel Ferreira e o zagueiro Gustavo Gómez vão conceder entrevista coletiva.

Santos

Pela manhã, quem provocou a aglomeração foi o Santos. O time da Vila Belmiro também se dirigiu ao Rio com um voo saindo de aeroporto de Guarulhos. A equipe foi recepcionada na porta do terminal da mesma forma: com aglomeração de torcedores, sinalizadores e bandeiras. Não houve contato entre o público e os atletas.

Estadão
Publicidade
Publicidade