1 evento ao vivo
Logo do Palmeiras
Foto: terra

Palmeiras

Santos e Palmeiras duelam com rivalidade acirrada por "chapéu"

18 jul 2018
20h01
atualizado em 19/7/2018 às 09h40
  • separator
  • comentários

Às 20 horas (de Brasília) desta quinta-feira, pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro, Santos e Palmeiras duelam no Estádio do Pacaembu. Os tradicionais adversários se encontram com a rivalidade acirrada pela recente contratação do uruguaio Carlos Sanchez, tratada como "chapéu" pelos alvinegros e minimizada pelos alviverdes.

Discussão à parte, o Santos deve enfrentar o Palmeiras com quatro atacantes, assim como na semifinal do Campeonato Paulista, na vitória por 2 a 1 e eliminação nos pênaltis por 5 a 3. Na ocasião, Rodrygo, Arthur Gomes, Gabigol e Eduardo Sasha foram escalados. Dessa vez, o quarteto deve ser Rodrygo (mais recuado), Gabigol, Bruno Henrique e Sasha.

O técnico Jair Ventura trabalhou com essa formação ofensiva durante o período de recesso para a Copa do Mundo da Rússia, mas não pôde colocar em prática nos amistosos contra Monterrey e Querétaro, no México, por causa de incômodo no púbis de Gabigol, que nem viajou.

Com Diego Pituca suspenso, Léo Cittadini e Jean Mota disputam vaga ao lado de Alison, que está recuperado de entorse no tornozelo esquerdo. Outra dúvida é o companheiro de David Braz na zaga: Lucas Veríssimo, ainda mantido depois de negociação fracassada com o Torino-ITA, concorre com Gustavo Henrique, zagueiro utilizado como titular durante a parada.

"Não posso dizer a escalação, mas é uma das possibilidades (quatro atacantes). São caras rápidos que podem recompor. Se optar por isso, é necessário que a gente (da defesa) dê uma segurada para dar liberdade para eles. Independentemente da escalação, o Santos estará diferente, aguerrido, brigando pela bola. Vamos tentar encurralar o Palmeiras", disse o lateral-direito Victor Ferraz.

O técnico Roger Machado será obrigado a fazer algumas mudanças no Palmeiras. Advertidos no empate contra o Flamengo, Jailson, Moisés e Dudu precisam cumprir suspensão automática diante do Santos. Já Keno foi negociado e Miguel Borja se recupera de artroscopia.

A grande novidade no time titular palmeirense é Gustavo Scarpa, liberado para retomar a carreira após imbróglio jurídico com o Fluminense. No gol, Weverton terá sua maior oportunidade desde que foi contratado pelo Palmeiras. Já o lateral esquerdo Diogo Barbosa, recuperado de lesão, retorna ao time.

Diante do Santos, o Palmeiras coloca à prova o time preparado durante recente excursão pela América Central. Hyoran e Gustavo Scarpa jogarão abertos pelas pontas, com Willian no comando de ataque. Na meia, Lucas Lima ganha uma nova chance como titular.

"O time ideal é o que vai a campo pelas ausências. Não vi prejuízo nenhum (com os desfalques), porque a parte de preparação foi importante em vários aspectos, um deles de preparar bem este time para o jogo contra o Santos. Mudam características, mas não tem prejuízo, talvez até ganho em alguns casos", afirmou Roger Machado.

FICHA TÉCNICA

SANTOS X PALMEIRAS

Data: 19 de julho de 2018, quinta-feira

Local: Estádio do Pacaembu, em São Paulo

Horário: 20 horas (de Brasília)

Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva (Fifa)

Assistentes: Hélcio Araújo Neves e Heronildo Freitas da Silva

SANTOS: Vanderlei; Victor Ferraz, Lucas Veríssimo (Gustavo Henrique), David Braz e Dodô; Alison, Jean Mota (Léo Cittadini) e Rodrygo; Gabigol, Bruno Henrique e Eduardo Sasha

Técnico: Jair Ventura

PALMEIRAS: Weverton; Marcos Rocha, Antônio Carlos, Edu Dracena e Diogo Barbosa; Felipe Melo, Bruno Henrique e Lucas Lima; Gustavo Scarpa, Hyoran e Willian

Técnico: Roger Machado

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade