PUBLICIDADE
Logo do

Palmeiras

Meu time

Abel diz que Palmeiras venceu por ser competitivo e fala sobre o aumento das responsabilidades

14 jul 2021 22h12
| atualizado às 23h27
ver comentários
Publicidade

Nesta quarta-feira, o Palmeiras derrotou a Universidad Católica por 1 a 0, no Chile, na partida de ida das oitavas de final da Libertadores. O Verdão não esteve em uma de suas noites mais inspiradas tecnicamente, mas Abel Ferreira aprovou a atuação da equipe.

Após o jogo, o treinador exaltou o espírito de competitividade apresentado pelos jogadores, destacando os aspectos que tornaram a partida difícil.

"Já sabíamos que seria um jogo muito difícil. Fizemos um estudo dos últimos resultados das equipes brasileiras aqui e não foi lá muito bom. É uma equipe que tem histórico na Libertadores, tremendamente competitiva. Hoje, ganhamos porque fomos competitivos", afirmou Abel.

"Fomos uma equipe organizada e inteligente contra um adversário forte, com uma pegada muito intensa. Sabíamos, pelo estado do gramado e pelo nosso adversário, que seria um jogo mais para competir do que de grande qualidade técnica. Na minha opinião, fizemos um bom jogo no sentido de sermos competitivos", completou.

Nesta quarta, o Palmeiras bateu marca que pertencia ao River Plate e alcançou a maior sequência de invencibilidade como visitante na Libertadores. Após o jogo, Abel comentou sobre o aumento de responsabilidades e a cobrança cada vez maior no Verdão.

"Quanto mais ganharmos, mais cobrança vamos ter. O passado recente diz isso. Quanto mais aumentamos o sarrafo, mais temos que aumentar a nossa determinação, o nosso trabalho, a nossa disciplina e nossa exigência. As vitórias trazem responsabilidade e exigência, é o preço que se paga quando se ganha", disse Abel.

"Quem veste essa camisa, quando assina o contrato, sabe que isso é uma obrigação. Aumentamos o sarrafo e as expectativas, que estão em nossas mãos, dos treinadores, dos diretores e dos jogadores", finalizou.

A partida de volta entre Palmeiras e Universidad Católica acontece na quarta-feira da semana que vem, às 19h15, no Allianz Parque. Vale lembrar que há o critério do gol qualificado fora de casa na Libertadores.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade