PUBLICIDADE
URGENTE
Saiba como doar qualquer valor para o PIX oficial do Rio Grande do Sul

Motociclismo

Rossi lembra entrevero com Marc Márquez em 2015 e diz: "Eu merecia um 10º título"

Valentino Rossi voltou a comentar sobre o entrevero com Marc Márquez em 2015, que acabou resultando no título para Jorge Lorenzo após uma temporada acirrada com o lendário #46

23 jan 2023 - 05h16
Compartilhar
Exibir comentários
O polêmico lance do GP da Malásia
O polêmico lance do GP da Malásia
Foto: Reprodução / Grande Prêmio

Valentino Rossi mostrou ainda ter ressentimentos de Marc Márquez pela temporada 2015. Agora aposentado, o eneacampeão do Mundial de Motovelocidade recordou todo o caos naquele campeonato e voltou a dizer: merecia ter conquistado seu 10º título.

A disputa estava entre Vale e Jorge Lorenzo, e o caldo entornou de vez após o GP da Austrália, quando Rossi acusou Marc de beneficiar o tricampeão na prova. Na corrida seguinte, na Malásia, aconteceu o fatídico episódio que não apenas marcou aquela temporada, mas a história da MotoGP. Quando o #46 e o irmão mais velho de Álex brigavam na pista, emparelharam as motos e foi quando o italiano chutou o espanhol, que caiu.

Relacionadas

Gibernau põe Marc Márquez como "melhor da história" na MotoGP: "É um herói"
Bagnaia se vê como "homem a ser batido", mas diz que briga com Bastianini "será saudável"
Ducati deixa decisão para Bagnaia, mas incita: "Ótimo se nosso piloto escolhesse #1"

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Marc Márquez e Valentino Rossi na Malásia
Marc Márquez e Valentino Rossi na Malásia
Foto: Repsol / Grande Prêmio

O lance causou muita polêmica e dividiu opiniões entre lance de pista e algo proposital. Acontece que Valentino recebeu punição para a última etapa do calendário e viu o companheiro de Yamaha ser campeão de 2015.

"Fiquei um pouco triste por não ter conquistado o 10º título", disse Rossi, em entrevista ao site Motorsport-Total. "Principalmente porque acho que merecia pelo meu nível e pela minha velocidade.  Perdi o título duas vezes na última corrida da temporada. É por isso que acho que merecia um 10º título", seguiu.

Anos após o ocorrido, Valentino reiterou que era impossível perdoar o piloto de Cervera. "É impossível perdoá-lo. O que fez não pode ser perdoado. Quando penso naqueles dias, ainda tenho o mesmo sentimento. Não acredito que isso vá mudar", pontuou o italiano de Tavullia.

Após sua aposentadoria das duas rodas, Rossi se aventurou no mundo dos GTs. Recentemente, ele se tornou piloto de fábrica da BMW para disputar o GT World Challenge.

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

Grande Prêmio
Compartilhar
Publicidade
Publicidade