PUBLICIDADE

Medalhista italiano revela pressão antes de prova nos Jogos

Federico Burdisso pensou até em não disputar 200m borboleta

28 jul 2021 10h13
| atualizado às 10h25
ver comentários
Publicidade

Não foram apenas as já consagradas Simone Biles e Naomi Osaka que levantaram o debate a respeito do excesso de pressão no esporte de alto rendimento.

Federico Burdisso conquistou bronze na natação em Tóquio
Federico Burdisso conquistou bronze na natação em Tóquio
Foto: ANSA / Ansa - Brasil

Federico Burdisso, revelação da natação italiana e medalhista de bronze nos 200m borboleta nos Jogos Olímpicos de Tóquio, admitiu nesta quarta-feira (28) que sentiu muito estresse antes de cair na piscina e que pensou até em não participar da prova.

"Senti muito estresse nos últimos tempos. Não queria nem fazer essa prova", declarou Burdisso, de 19 anos de idade, à emissora Rai Sport. O jovem italiano terminou os 200m borboleta em terceiro lugar, logo atrás do húngaro Kristóf Milák (ouro) e do japonês Tomoru Honda (prata), enquanto o brasileiro Leonardo de Deus foi o sexto colocado.

Segundo Burdisso, ele nunca tinha experimentado tanta tensão e ansiedade como nos últimos dias. "Não sou um rapaz que se estressa facilmente, mas isso é maior do que eu. Se percebo que vou competir por medalha, sinto a pressão", admitiu.

O nadador ainda vai competir nos 100m borboleta, mas espera entrar na piscina com mais "leveza". "Vou tentar fazer um bom tempo. Nunca fui ansioso, mas agora está aí. Cheguei ao bronze, isso é bom, mas sempre podemos fazer melhor", concluiu.

Antes mesmo das Olimpíadas, a tenista japonesa Naomi Osaka havia colocado a saúde mental em pauta ao desistir do Grand Slam de Roland Garros. Esperança de medalha em Tóquio, a atleta de 23 anos acabou eliminada precocemente nos Jogos Olímpicos.

Já a ginasta Simone Biles desistiu da final por equipes após uma apresentação ruim no salto e abdicou de disputar a decisão do individual geral feminino, marcada para esta quinta-feira (29).

Em coletiva de imprensa, a americana admitiu estar preocupada com sua saúde mental e que "não confia tanto" em si. Biles é dona de seis medalhas olímpicas, sendo quatro de ouro, uma de prata e uma de bronze, e é considerada uma das maiores ginastas de todos os tempos.

Ansa - Brasil   
Publicidade
Publicidade