PUBLICIDADE
URGENTE
Saiba como doar qualquer valor para o PIX oficial do Rio Grande do Sul

Lutas

UFC 300: Brasil dá show no card preliminar; saiba tudo

O UFC 300 foi realizado neste sábado (13) em Las Vegas, reunindo muitos dos grandes nomes da atualidade do MMA na T-Mobile Arena

13 abr 2024 - 23h39
(atualizado às 23h39)
Compartilhar
Exibir comentários
Renato Moicano nocauteou Jalin Turner no UFC 300
Renato Moicano nocauteou Jalin Turner no UFC 300
Foto: Divulgação/Instagram Oficial UFC / Esporte News Mundo

O UFC 300 foi realizado neste sábado (13) em Las Vegas, reunindo muitos dos grandes nomes da atualidade do MMA na T-Mobile Arena e três disputas de cinturão como as principais atrações da noite.

Antes disso, houve o card preliminar e este com forte presença brasileira. Cinco atletas do país subiram ao octógono na primeira parte do evento, na qual estes tiveram grande sucesso diante de seus respectivos rivais

Kayla Harrison estreia em grande estilo no UFC

Depois de reinar na PFL, Kayla Harrison fez sua estreia no UFC neste sábado, encarando a ex-campeã dos galos, Holly Holm. E mostrou no octógono todas as razões para ser uma das mais badaladas lutadoras do momento no MMA.

Já desde o começo, a bicampeã olímpica no judô derrubou a ex-campeã e trouxe bastante perigo no chão e também no ground and pound. Holm até chegou a suportar um pouco a pressão, mas se viu praticamente dominada pela rival. Harrison aumentou a pressão no segundo round, até mesmo dominando na trocação. Em outra queda, nem teve maiores esforços para encaixar o mata-leão e garantir a primeira vitória no Ultimate.

+Para saber tudo sobre o UFC, siga o Esporte News Mundo no TwitterFacebook e Instagram

Diego Lopes nocauteia no primeiro round

Diego Lopes subiu ao octógono do UFC 300 para tentar justificar o status de grande revelação brasileira do evento. E nem precisou suar muito em sua luta contra Sodiq Yusuff, Desde o começo, o amazonense foi para cima e mandou um bom uppercut no nigeriano, o levando ao chão e, aí, não hesitando em usar o ground and pound,

Praticamente 'amassando' Yusuff, Diego dominou até a lutar ser encerrada pelo árbitro, lhe dando a vitória por nocaute técnico. Depois, o brasileiro chegou a até sair do octógono para ter uma 'conversa' com Dana White ' lançou um desafio ao campeão dos penas, Ilia Topuria, para o enfrentar na Espanha, onde o georgiano mora

- Serei campeão da divisão e isso é questão de tempo. Sei qual é o meu próximo passo e serei campeão um dia. Vamos para a Espanha, quero Ilia Topuria - disse.

Renato Moicano leva 'susto', mas vence Jalin Turner

Em seu melhor momento tanto dentro como fora do octógono, Renato Moicano enfrentou Jalin Turner. O brasileiro tinha como estratégia levar a luta para o chão e assim o fez já de cara. Mas tal tática quase foi abalada quando um direto de esquerda de Turner derrubou Moicano ainda no primeiro round.

O segundo round foi mais à feição do plano de Moicano, que levou a luta para o solo novamente. Ali, não passaria sufoco, dominaria e foi para o ground and pound certeiro para poder acabar com a luta e, na entrevista, ainda dar aquela promoção de si próprio.

- Meu nome é Renato Moicano e sou o melhor peso-leve do planeta. Não posso perder porque tenho uma família para sustentar e um legado para construir. Vou chegar ao cinturão e quero chegar a essa luta. Sou o melhor dessa divisão e vou mostrar - bradou o brasileiro.

Jéssica Bate-Estaca vence duelo brasileiro

Duas brasileiras, Jéssica Bate-Estaca e Marina Rodriguez, se enfrentaram e protagonizaram uma 'batalha' dentro do octógono. O início foi um tanto amarrado, mas assim que as duas começaram a se soltar, a trocação passou a ser a marca do duelo, com as duas lutadoras indo para cima.

Jéssica teve a chance de matar a luta no segundo round, depois de uma série de socos de Jéssica derrubar Marina, que resistiu até o fim. E mais uma oportunidade da ex-campeã dos palhas de finalizar veio no terceiro round, do mesmo modo que a do segundo. Assim como da primeira vez, Marina sobrevivei e chegou até ter a chance de vencer, com uma paulada de esquerda que balançou a compatriota. Ainda assim, a paranaense venceu na decisão dividida dos juízes

Deiveson Figueiredo finaliza ex-campeão dos galos

A primeira luta do UFC 300 já reuniu logo de cara dois ex-campeões do UFC, Deiveson Figueiredo e Cody Garbrandt. O ex-dono do cinturão dos moscas encarou o antigo detentor da cinta peso-galo em mais uma tentativa de se firmar na divisão. Depois de um primeiro round estudado e equilibrado, o brasileiro já levou a luta para o chão no segundo round.

Melhor no solo do que o rival, o 'Deus da Guerra' foi para as costas e foi para o katagatame, que não deu certo. Depois, esperou a chance certa de ir novamente para pegar o 'No Love', desta vez no mata-leão e, assim, garantiu a vitória.

Resultados card preliminar UFC 300 - Poatan x Hill

Jiri Prochazka venceu Aleksandar Rakic por nocaute técnico (3:17 do R2)

Aljamain Sterling venceu Calvin Kattar por decisão unânime dos juízes

Kayla Harrison venceu Holly Holm por finalização (1:47 do R2)

Diego Lopes venceu Sodiq Yusuff por nocaute técnico (1:29 do R1)

Renato Moicano venceu Jalin Turner por nocaute técnico (4:11 do R2)

Jéssica Bate-Estaca venceu Marina Rodriguez por decisão dividida dos juízes

Bobby Green venceu Jim Miller por decisão unânime dos juízes

Deiveson Figueiredo venceu Cody Garbrandt por finalização (4:02 do R2)

Esporte News Mundo
Compartilhar
Publicidade
Publicidade