0
MMA

UFC 166: nocauteado, americano sai de maca e vai para hospital

19 out 2013
20h49
atualizado em 20/10/2013 às 02h55
  • separator
  • comentários

Uma cena chocante aconteceu no UFC 166, neste sábado, em Houston, no Texas. Durante o card preliminar do evento que terá o combate entre Cain Velasquez e o brasileiro Junior Cigano, o americano TJ Waldburger teve que sair de maca do octógono. Ele foi derrotado pelo russo Adlan Amagov e, por causa de um erro do juiz, sofreu duros golpes mesmo quando já estava caído e desacordado. A equipe médica o levou diretamente para um hospital fora do Toyota Center, onde foi constatado que ele não sofreu algo grave.

TJ Waldburger fica desmaiado depois de ser nocauteado por Adlan Amagov
TJ Waldburger fica desmaiado depois de ser nocauteado por Adlan Amagov
Foto: Reuters
Amagov teve a possibilidade de desferir socos no rosto de Waldburger antes de que o juiz decretasse o nocaute
Amagov teve a possibilidade de desferir socos no rosto de Waldburger antes de que o juiz decretasse o nocaute
Foto: Reuters

Nascido no Texas, Waldburger recebeu muito apoio do público ao entrar ao som da música T.N.T., da banda australiana AC/DC. Mas Amagov logo mostrou que tinha mais qualidade na luta em pé e acertou um potente chute giratório no estômago do americano, que tentou derrubar seu adversário, sem sucesso.

Foi então que Amagov acertou um soco pesado, que derrubou Waldburger. O juiz demorou para decretar o nocaute, e por isso o americano recebeu pelo menos três golpes quando já estava desacordado. A equipe médica entrou preocupada e atendeu o texano, mas teve que retirá-lo de maca. O atleta saiu acordado e respirando normalmente, mas despertando preocupação de todos presentes.

Pelo Twitter, Dana White, protestou contra a arbitragem: "esse juiz é uma m...". Mais tarde, o presidente do UFC também usou a rede social para dar notícias sobre Waldburger: "todos os testes dele deram negativo e ele foi liberado para jantar".

Waldburger vinha de vitória, mas sofreu sua terceira derrota no UFC. Já o russo Amagov comprovou seu poder de nocaute e venceu pela segunda vez seguida.

Veja como foram as outras lutas do card preliminar:

Tim Boetsch vence luta emocionante contra CB Dollaway

Sobrou emoção em um duelo de atletas experientes e em busca de reafirmação. No começo os dois aceitaram a trocação franca de socos, em que Dollaway levou a melhor e ficou confiante. Ele chegou a levantar os braços para provocar e conseguiu pontos por isso, mas também saiu sangrando.

Tim Boetsch (dir.) fez luta emocionante contra CB Dollaway e venceu por decisão dividida
Tim Boetsch (dir.) fez luta emocionante contra CB Dollaway e venceu por decisão dividida
Foto: Reuters

No segundo round a luta foi para o chão e continuou agitada. Dollaway mostrou suas qualidades na luta olímpica, mas Boetsch se recuperou quando ambos ficaram em pé novamente.

O terceiro round começou com duas dedadas no olho de Boetsch, o que gerou vaias e um pontos a menos para Dollaway. Depois disso, o combate voltou a ficar equilibrado, tanto no chão quanto no pé, com bons momentos para os dois, que comemoram quando a luta acabou. Mas os juiz deram a vitória, por decisão dividida, para Boestch, que se recuperou de duas derrotas recentes.

<p>Hector Lombard nocauteou Nate Marquardt</p>
Hector Lombard nocauteou Nate Marquardt
Foto: Getty Images

Hector Lombard impressiona com nocaute contra Nate Marquardt 

Era a estreia de Lombard entre os meio-médios do UFC e ele provou que pode ter sucesso nesta categoria. O cubano mostrou, desde o começo, muita coragem para a luta em pé, inclusive provocando o americano, chamando-o para cima.

Até que, antes do final do primeiro round, Lombard acertou em cheio um gancho de direita, partiu para o ataque e emendou com outro de esquerda para conseguir o nocaute. Foi a seguida derota de Marquardt desde que voltou ao UFC.

 

 

Jessica Eye vence Sarah Kaufmann em luta aplaudida

Jessica Eye festeja vitória sobre Sarah Kaufman no UFC 166 por decisão dividida
Jessica Eye festeja vitória sobre Sarah Kaufman no UFC 166 por decisão dividida
Foto: Getty Images

Apesar de ser a estreia de ambas no UFC, a canadense Kaufmann é mais experiente e chegou como favorita. Mas Jessica não sentiu a pressão e soube atacar melhor no primeiro round. Depois Kaufmann enfim equilibrou as ações e mostrou suas qualidades no boxe. O terceiro round foi o mais agitado e equilibrado, o que faz a torcida aplaudir as duas de pé quando o gongo soou.

A decisão ficou com os juízes laterais, que refletiram o equilíbrio do combate: por decisão dividida, a vitória ficou com Jessica Eye, o que gerou aplausos e vaias no ginásio.

KJ Noons vence George Sotiropoulos em luta morna

KJ Noons derrotou George Sotiropoulos em decisão unânime dos jurados
KJ Noons derrotou George Sotiropoulos em decisão unânime dos jurados
Foto: Getty Images

Ao contrário da maioria dos combates do card preliminar, esse teve um ritmo morno e pouco empolgante no começo. Apesar de ambos aceitarem a luta em pé, a emoção ficou guardada para o assalto final. O americano Noons acertou golpes que abriram um corte que banhou de sangue Sotiropoulos - mas também teve bons momentos nos contra-golpes. No final a vitória ficou com Noons por decisão unânime dos juízes laterais.

Foi a primeira vitória do americano no UFC. Já o experiente australiano confirmou sua péssima fase e acumulou a quarta derrota consecutiva.

Tony Ferguson finaliza Mike Rio com golpe raro

Tony Ferguson finaliza Mike Rio no primeiro round
Tony Ferguson finaliza Mike Rio no primeiro round
Foto: Getty Images

A estratégia de Rio falhou desde o começo. Ele tentou derrubar Ferguson, mas não conseguiu e sofreu duros golpes em pé. Até que Ferguson aproveitou a fragilidade do aversário, encaixou um triângulo de mão invertido e concluiu a rara finalização. Foi sua quarta vitória no UFC e a segunda derrota seguida de Rio.

Andre Fili faz Jeremy Larsen sangrar e nocauteia

Jeremy Larsen ficou com o rosto ferido em derrota para Andre Fili
Jeremy Larsen ficou com o rosto ferido em derrota para Andre Fili
Foto: Getty Images

Em seus primeiros minutos no UFC, Fili se apresentou como um ótimo trocador de socos e chutes em pé. Ele feriu e deixou sangrando seu adversário no primeiro round. Após o intervalo, Larsen mal conseguiu se esquivar e rapidamente foi acuado na grade nocauteado em sua terceira derrota seguida pelo UFC.

Kyoji Horiguchi estreia com virada e nocaute contra Dustin Pague

Kyoji Horiguchi castiga Dustin Pague na primeira luta do UFC 166; japonês venceu depois de quase ter sido finalizado
Kyoji Horiguchi castiga Dustin Pague na primeira luta do UFC 166; japonês venceu depois de quase ter sido finalizado
Foto: Getty Images

A primeira luta da noite foi um ótimo aquecimento para o que viria a seguir. Logo Pague partiu para o ataque e esteve perto de estrangular seu adversário, que mostrou muita resistência. Porém, depois do intervalo, Horiguchi conseguiu derrubar Pague com golpes em pé e ficou por cima, acertando seguidos socos e cotoveladas. Quando faltavam segundos para o segundo round acabar, Pague não resistiu a mais golpes, e o juiz decretou o nocaute.

Foi a estreia bem sucedida do peso galo japonês no UFC, enquanto Pague amargou sua quarta derrota seguida e deve ser demitido pela organização.

* O repórter viajou a convite do UFC

Fonte: Terra
  • separator
  • comentários
publicidade