PUBLICIDADE

'Embaixador' do BRAVE no Brasil, Lucas Mineiro comenta: 'Sou um dos responsáveis por divulgar o evento'

O peso-pena brasileiro, que tem duas disputas de título na franquia, além de registrar dois triunfos e três derrotas, comentou sobre a sua jornada até aqui dentro do BRAVE

18 out 2021 15h34
| atualizado às 20h06
ver comentários
Publicidade

Uma das estrelas do BRAVE CF, Lucas Mineiro foi contratado pela organização ainda em 2017, e estreou com vitória sobre Fabian Galvan. Desde então, já acumulou cinco aparições no palco da companhia árabe. O peso-pena brasileiro, que tem duas disputas de título na franquia, além de registrar dois triunfos e três derrotas, comentou sobre a sua jornada dentro do BRAVE.

Lucas Mineiro espera voltar a rota das vitórias para disputar o título novamente (Foto: BRAVE CF)
Lucas Mineiro espera voltar a rota das vitórias para disputar o título novamente (Foto: BRAVE CF)
Foto: Lance!

- A minha experiência no BRAVE é a melhor possível. Entrei na organização e agora já se passaram mais de 50 edições, portanto, posso dizer que sou um veterano na companhia. Sou um atleta contratado para fazer grandes lutas, às vezes, foge das mãos do atleta vencer ou não vencer, mas sei que ainda estou no topo, entre os atletas responsáveis por levar o nome do BRAVE no Brasil -.

Em sua última apresentação, Lucas Mineiro acabou enfrentando Olzhas Eskaraev - após seu adversário original, Mohamed Grabinsk, ser retirado do card pela segunda vez consecutiva. Enfrentando um atleta da divisão de cima, peso-leve, o brasileiro foi surpreendido, acumulando a terceira derrota seguida. Apesar do resultado negativo, o paulistano não se deixou abalar.

- Meu próximo plano é vencer, vivo um momento delicado na organização, duas lutas valendo título que perdi, outra luta que peguei na categoria de cima e acabei perdendo, mas fiz a melhor luta do card. Agora espero voltar a vencer e continuar fazendo grandes lutas no BRABE - garantiu.

Apontado pela organização para carregar a bandeira do BRAVE no país, Lucas falou sobre a sua responsabilidade no evento e o seu atual status dentro da organização árabe: - Me considero um lutador diferente na organização, eles já me falaram isso também, sei que levo o nome do BRAVE aqui no Brasil. Sou um dos grandes responsáveis por divulgar o evento no país - disse.

Lucas Mineiro ainda rasgou elogios ao presidente da organização no Brasil, Marcos Ferraz, que já há algum tempo assumiu a responsabilidade de dirigir e promover a organização no país.

- Acho que o ter o Marcos à frente das operações do BRAVE no Brasil foi uma grande ideia, ele tem atuado muito próximo dos atletas e traz uma forma única de ver o esporte - finalizou Mineiro.

Lance!
Publicidade
Publicidade