PUBLICIDADE

Abu Dhabi Grand Slam Rio: Grand Finale com a elite do Jiu-Jitsu na divisão Profissional Faixa-Preta

1 ago 2022 - 08h22
Ver comentários

O 3º dia do Abu Dhabi Grand Slam Rio apresentou neste domingo, 31 de julho de 2022, a sempre aguardada Divisão Profissional Faixa-Preta para homens e a Divisão Profissional Faixa Marrom/Preta para mulheres. O público nas arquibancadas e os telespectadores da ajptour.tv ficaram emocionados com o desempenho nos tatames.

Faixas-pretas fecharam o último dia de competição (Foto: AJP)
Faixas-pretas fecharam o último dia de competição (Foto: AJP)
Foto: Lance!

Como de costume, as chaves estavam cheias de grandes nomes em todas as categorias de peso. Campeões confirmaram suas condições como favoritos, mas também jovens talentos escreveram novos capítulos na história do ADGS. No final, os fãs de Jiu Jitsu deixaram a Arena Carioca 1 satisfeitos por terem presenciado grandes momentos.

Leonardo Mario, campeão do Pena, falou sobre sua atuação: "Estou muito feliz por ter vencido a categoria -62kg. Quero agradecer à AJP por este evento incrível. Espero voltar!"

Ana Rodrigues, campeã do Pluma, também falou sobre a experiência de disputar o Grand Slam de Abu Dhabi: "Adoro esse evento. É onde posso experimentar coisas novas na minha luta. Com certeza, estarei em Miami no próximo evento."

Veja como cada divisão de peso se desenrolou.

Divisão Profissional Faixa-Preta

Masculino

Pluma(-56kg) - Yuri Hendrex garantiu a medalha de ouro em duas lutas. Derrotou primeiro Jonas Vasconcelos por 6-1. Na final, Yuri Hendrex saiu na frente por 1 a 0 ao atacar o pé de Zayed Alkatheeri. Também com um ataque no pé, Zayed empatou a luta em 1 a 1. Yuri raspou e fez 4 a 1. Até o final, Yuri continuou atacando para vencer com uma vantagem de 8 a 2.

PÓDIO

1º - Yuri Hendrex (Brasil)

2º - Zayed Alkatheeri (EAU)

3º - Jonas Vasconcelos (Brasil)

Pena (-62kg) - Leonardo Mario fez quatro lutas para se tornar campeão do ADGS. Ele venceu Nathanael Fernandes por 3 a 2, Ariel Magalhães por 3 a 0 e Ronaldo Alves por 3 a 2 na semifinal. Na final, Matheus Lima começou marcando um ponto na guarda contra Leonardo Mario. Por baixo, Mário defendeu as passagens de guarda de Lima e acabou atacando o triângulo e finalizando com uma chave de braço.

PÓDIO

1º - Leonardo Mário (Brasil)

2º - Matheus Lima (Brasil)

3º - Jhontahan Angelim (Brasil)

Leve (-69kg) - Meyran não deixou nenhum adversário em pé. Ele finalizou todos os seus rivais, exceto um. O argentino Ivan Strick, Nasser Farj, do Kwait, Artur Oliveira e Fernando Favari não tiveram outra opção a não ser bater. Na final, Meyran Alves começou por baixo e raspou Alessandro Botellho a três minutos do fim, para marcar dois pontos. Alessandro voltou e quase conseguiu uma raspagem, mas marcou um ponto. A luta terminou com uma vantagem de 2 a 1 para Meyran, que garantiu a medalha de ouro.

PÓDIO

1º - Meyran Alves (Brasil)

2º - Alessandro Botelho (Brasil)

3º - Marlus de Sousa (Brasil)

Meio-médio (-77kg) - Lucas Protássio lutou cinco vezes para garantir a medalha de ouro. Venceu Ygor Rodrigues por 3 a 0, Murilo Mota por 1 a 0, Luiz Santos por 2 a 1 e Natan Cheung por 1 a 0 na semifinal. Na final, Lucas Protásio começou por cima, enquanto Luiz Paulo Medeiros fez guarda. A luta entrou nos dois minutos finais empatada em 1 a 1, com Luiz Paulo na guarda. A luta continuou muito disputada até o final e Lucas Protásio levou a medalha de ouro por marcar por último.

PÓDIO

1º - Lucas Protásio (Brasil)

2º - Luiz Paulo Medeiros (Brasil)

3º - Yan Paiva (Brasil)

Médio (-85kg) - Cinco lutas para Jansen Ramos a caminho do pódio. Ele venceu Lucas Nascimento por 3 a 0, Lafayette Pinheiro por 6 a 1, Uanderson Ferreira por desclassificação e finalizou Leon Brito na semifinal. Na final, Rafael Paganini começou na guarda contra Jansen Ramos. A luta não teve muito movimento nos primeiros três minutos. Nos dois minutos finais, Jansen fez uma blitz e quase passou a guarda de Rafael várias vezes para abrir uma vantagem de 5 a 0 e garantir a medalha de ouro.

PÓDIO

1º - Jansen Ramos (Brasil)

2º - Rafael Paganini (Brasil)

3º - Gabriel Costa (Brasil)

Meio-pesado (-94kg) - Quatro lutas duras para Rider Amaral levar a medalha de ouro para casa. Venceu Igor Sousa por 1-0, Hygor Silva por 2-0 e Fernando Cantareira por 3-0 na semifinal. Na final, Gabriel Oliveira começou na guarda contra Rider Amaral. Foi Rider quem marcou o primeiro ponto com uma quase passagem de guarda. Rider marcou mais um ponto e garantiu a medalha de ouro com uma vantagem de 2-0.

PÓDIO

1º - Cavaleiro Amaral (Brasil)

2º - Gabriel Oliveira (Brasil)

3º - Pedro Souza (Brasil)

Super-pesado (-120kg) - Medalha de ouro em quatro lutas. Yatan Bueno finalizou Victor Martins e David Remedio. Na semifinal, luta difícil contra Pedro Pimenta e vitória por decisão dos árbitros após empate em 0 a 0. Na final, Yatan Bueno conseguiu uma bela queda e fez 2 a 0 no placar contra Marcus Siqueira. Por cima, Yatan marcou mais três pontos por quase montadas. Quando o tempo acabou, Yatan garantiu a medalha de ouro com uma vantagem de 5-0.\

PÓDIO

1º - Yatan Bueno (Brasil)

2º - Marcus Siqueira (Brasil)

3º - Wallace Costa (Brasil)

Divisão Profissional Faixa Marrom/Preta

Feminino

Galo (-49kg) - Três lutas pelo título na campanha de Brenda Larissa. Ela finalizou Flávia Soares e venceu Diana Teixeira por 3 a 0. Na final, Brenda Larissa começou por cima contra Jessica Dantas. Faltando dois minutos para o fim do tempo, Brenda conseguiu uma passagem de guarda para marcar três pontos. Brenda ficou por cima e deixou o tempo correr para vencer por 3 a 1 e garantir a medalha de ouro.

PÓDIO

1º - Brenda Larissa (Brasil)

2º - Jessica Dantas (Brasil)

3º - Maria Ono (Brasil)

Pluma (-55kg) - Ana Rodrigues lutou quatro vezes. Ela venceu Milene Silva por 6 a 0, Randryely Souza por 1 a 0 e Maria Nunes por 4 a 0 na semifinal. Na final, Ana Rodrigues começou na guarda contra Dyna Sena. No minuto final, Ana conseguiu uma raspagem para marcar dois pontos. Dyna não pôde se recuperar e Ana garantiu a medalha de ouro.

PÓDIO

1º - Ana Rodrigues (Brasil)

2º - Dyna Sena (Brasil)

3º - Gabriela Pereira (Brasil)

Leve (-62kg) - Julia Alves chegou ao topo em três lutas. Ela finalizou Nayane Dumont e Maria Silva na semifinal. Na final, Júlia Alves começou por cima, pegou as costas e finalizou Maria Luisa Delahaye com um estrangulamento de arco e flecha em menos de dois minutos para se sagrar campeã.

PÓDIO

1º - Julia Alves (Brasil)

2º - Maria Luisa Delahaye (Brasil)

3º - Ludmila Fiori (Brasil)

Médio (70kg) - Quatro batalhas para Izadora Silva a caminho do ouro. Ela venceu Sabatha Santos por pontuar por último no empate por 2 a 2, finalizou Gabriela Teixeira e venceu Thalyta Silva por decisão dos árbitros nas semifinais. Na final, Rafaela Brtolot começou na guarda contra Izadora Silva. Rafaela conseguiu uma raspagem para marcar um ponto. Izadora nunca desistiu e quase conseguiu duas finalizações para marcar dois pontos e vencer por 2 a 1 pela medalha de ouro.

PÓDIO

1º - Izadora Silva (Brasil)

2º - Rafaela Bertolot (Brasil)

3º - Giovanna Jara (Brasil)

Pesado (-95kg) - Gabrieli Pessanha entrou três vezes nos tatames. Ela finalizou Mayara Moreira e venceu Welma Moreira por 3 a 0 na semifinal. Na final, Gabrieli Pessanha bateu de frente com Ingridd Sousa. As duas jogaram na guarda, tentando conseguir a melhor posição. Pessanha saiu na frente com 2 a 0 no placar com uma raspagem. Gabi ficou no topo até o final para garantir mais uma medalha de ouro no ADGS Rio.

PÓDIO

1º - Gabrieli Pessanha (Brasil)

2º - Ingridd Sousa (Brasil)

3º - Welma Moreira (Brasil)

PAÍSES

1º - Brasil - 477.300 pts

2º - Emirados Árabes Unidos - 25.500 pts

3º - Argentina - 12.120 pts

EQUIPES

1º - Equipe GF - 77.700 pts

2º - Grupo Comando - 33.000 pts

3º - Visão Jiu-Jitsu - 24.900 pts

Abu Dhabi Grand Slam Tour agora viaja para os EUA

para ver os resultados completos do dia 3 do ADGS Rio. Você pode assistir de novo todas as lutas em ajptour.tv. Acompanhe a cobertura completa em nosso Instagram.

O Abu Dhabi Grand Slam Tour sai do Rio e desembarca em Miami, EUA, em 27 e 28 de agosto de 2022. Os melhores competidores Master e Profissional do mundo se reunirão no Watsco Center para dois dias de ação de alto nível. As inscrições estão abertas.

Lance!
Publicidade
Publicidade