0

Situação de Felipe Vizeu estaria 'sob análise' no Grêmio

Informação seria de que permanência do centroavante se daria apenas não havendo a necessidade de pagar novamente pelo empréstimo junto a Udinese

12 nov 2019
11h16
  • separator
  • 0
  • comentários

Contratado para ser uma 'solução' ao problema que o Grêmio encontra para emplacar um nome como centroavante da equipe (nas últimas rodadas Luciano tem preenchido a função), Felipe Vizeu pode não permanecer no clube pensando na próxima temporada.
Segundo informação divulgada pelo portal GaúchaZH através do jornalista Eduardo Gabardo, o clube gaúcho até tem interesse em prolongar o vínculo que vai até dezembro desse ano, porém dependendo muito de quais seriam os termos da negociação.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação
Foto: Lance!

Dentro da política de não fazer investimentos pomposos sem um planejamento mais extenso, o clube inicialmente descarta qualquer chance de pagar novamente para que o acordo seja prolongado. Para que Vizeu deixasse a Itália e desembarcasse em Porto Alegre, o Imortal investiu 1 milhão de euros em janeiro desse ano, R$ 4,2 milhões na cotação da época.

O contrato atual não prevê qualquer tipo de valor preferencial no caso do interesse em adquirir os direitos em definitivos do centroavante de 22 anos de idade. Entretanto, é provável que o clube europeu queira uma quantia próxima a que pagou para tirar o jogador do Flamengo (5 milhões de euros ou R$ 22,5 milhões em julho de 2018) visando recuperar seu investimento.

Contundido contra o Bahia no último dia 10 de julho na região do joelho esquerdo, fisicamente Vizeu está recuperado e já treina com os companheiros no CT do clube.

Com isso, crescem as chances dele ser utilizado em alguma das rodadas finais do Campeonato Brasileiro onde o Tricolor está em quarto lugar com 56 pontos e, abrindo quatro unidades do São Paulo, acumulou vantagem importante para se manter dentro dos quatro primeiros colocados para ir a Libertadores 2020 diretamente a fase de grupos.

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade