0

Brasil quebra recorde de pódios com prata no tênis de mesa

Nova marca de 158 medalhas é superior à campanha do Rio 2007, a maior até então

10 ago 2019
22h45
atualizado em 11/8/2019 às 12h00
  • separator
  • 0
  • comentários

A equipe feminina de tênis de mesa foi derrotada por Porto Rico e ficou com a prata, neste sábado, no Pan de Lima. A decisão da medalha aconteceu no quinto e decisivo jogo, após Bruna Takahashi ter sido derrotada por 3 sets a 2 por Melanie Díaz. A brasileira chegou a ter quatro match points no terceiro set, mas cedeu a virada. Apesar da derrota, o resultado contribuiu para que o Brasil quebrasse o seu melhor recorde na história dos Jogos Pan-Americanos.

Bruna Takahashi foi derrotada no último jogo contra as porto-riquenhas. (Foto: Abelardo Mendes Jr./Rede do Esporte)
Bruna Takahashi foi derrotada no último jogo contra as porto-riquenhas. (Foto: Abelardo Mendes Jr./Rede do Esporte)
Foto: LANCE!

Brasil chegou a 158 medalhas nos Jogos Pan-Americanos e superou o resultado do Rio 2007. O país está a um ouro de quebrar os 52 de Toronto 2015, o recorde atual. Além disso, já foram conquistadas 40 de prata e 66 de bronze.

No confronto contra Porto Rico, o Brasil chegou a abrir 2 a 1 na disputa e esteve a uma vitória do ouro, mas as porto-riquenhas contaram com as ótimas atuações das irmãs Adriana e Melanie Díaz para virar e ficar com o primeiro lugar.

Na primeira partida, Jéssica Yamada e Caroline Kumahara perderam para Melanie Díaz e Daniely Rios por 3 sets a 2. A reação veio com Bruna Takahashi, que deixou tudo igual ao bater Adriana Díaz por 3 a 1. O Brasil passou à frente do placar quando Caroline Kumahara venceu Daniely Rios por 3 a 1 também.

Faltava uma vitória para o ouro, mas Jéssica Yamada não resistiu à Adriana Díaz e perdeu por 3 a 1. Confronto empatado e a necessidade do quinto jogo, entre Bruna Takahashi e Melanie Díaz. A brasileira venceu os dois primeiros sets e no terceiro teve quatro match points, mas a porto-riquenha conseguiu diminuir a vantagem, virou o placar e ganhou por 17-15. A vitória deu mais força para Díaz que venceu os dois sets seguintes e fechou o jogo em 3 a 2. Título para Porto Rico.

Com a prata do time feminino, o tênis de mesa do Brasil conquistou medalhas em todas as categorias e deixa Lima com um total de sete. O país conseguiu dois ouros, um com a dupla masculina e outro no individual, com Hugo Calderano. Na dupla mista, mais uma prata. Os bronzes foram para a equipe masculina, a dupla feminina e Bruna Takahashi, no individual.

O Brasil é o atual segundo colocado no quadro geral de medalhas. Os Estados Unidos lideram e o México fecha o pódio.

Veja também:

 

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade