1 evento ao vivo

Portugueses apontam Jesus como alvo de Barcelona e Benfica

Vice-presidente de futebol do Flamengo indicou 'tranquilidade' após rumores envolvendo o nome de Jorge Jesus (novamente); Landim realça pacto com o elenco

3 jul 2020
12h21
atualizado às 13h27
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
Foto: Marcelo Cortes/Divulgação Twitter Flamengo / LANCE!

Não bastasse a queda de braço com a Globo, os bastidores do Flamengo contaram com interesses de gigantes da Europa em Jorge Jesus. E há novidade em relação aos clubes envolvidos. Segundo Vítor Pinto, chefe de redação do jornal Record, o Barcelona estaria estudando a contratação do técnico rubro-negro. Além disso, o Benfica, de acordo com o jornalista, ainda o tem no radar.

Internamente, o Flamengo afirma que desconhece tais abordagens, que teriam sido feitas diretamente com o estafe do treinador. Como as redes sociais começaram a se agitar por conta das especulações, na última noite, Marcos Braz, vice-presidente do clube rubro-negro, foi ao Twitter e voltou a fazer uma de suas postagens enigmáticas. E indicou "tranquilidade":

"Continuo dormindo bem tranquilo. Segue o jogo e, lembrando, final de semana tem jogo. Boa noite a todos".

 

Pacto com elenco

O jornalista português acredita que Luís Filipe Vieira, presidente do Benfica, fez a abordagem anterior a Jorge Jesus "na base da amizade e contato pessoal" e que o equívoco atual é não focar na contratação de um técnico, "seja quem for", para a próxima temporada - evitando um "tapar buraco" nesta reta final.

Em recente live na FlaTV, Rodolfo Landim, presidente do Fla, afirmou que o pacto de Jesus pela permanência foi feito, sobretudo, com o elenco do clube, o que dá uma segurança maior aos dirigentes em relação a eventuais sondagens.

Na última semana de junho, mesmo mês em que renovou o seu vínculo com o Flamengo até meados de 2021, o treinador negou o convite informal do Benfica, cabe destacar. Quanto ao Barcelona, outro veículo do Velho Continente, mais precisamente o jornal catalão Mundo Deportivo, assegura que Xavi, que atualmente dirige o Al Sadd, do Qatar, é quem assumirá a equipe blaugrana em 2020/21, ocupando a vaga de Quique Setién.

Ou seja: a princípio, Braz a e a Nação devem "dormir tranquilos".

Veja também:

As campanhas mais polêmicas do futebol brasileiro
Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade