0

Palmeiras e Fluminense empatam na ida da semi da Copa do Brasil sub-17

Com gol de pênalti aos 47 do segundo tempo, Verdão arranca empate do Flu e leva a decisão pela vaga na final para o jogo da volta, nas Laranjeiras, na próxima quarta-feira.

14 nov 2018
18h09
atualizado às 18h09
  • separator
  • comentários

O empate em 1 a 1 entre Palmeiras e Fluminense, nesta quarta-feira, na Arena Barueri, deixou ainda mais equilibrado o confronto de semifinal da Copa do Brasil sub-17. Com gol de pênalti de Fabrício, aos 47 do segundo tempo, os palmeirenses conseguiram igualar a partida. Até então, os cariocas caminhavam para uma vitória com o tento do centroavante João Pedro, já negociado com o Watford, da Inglaterra. Qualquer novo empate, leva a decisão para os pênaltis.

Como mandante, o Verdão iniciou o jogo no ataque, com um pouco mais de perigo do que o adversário e teve algumas boas jogadas nos primeiros 15 minutos. No entanto, o Flu equilibrou a partida, e com meia hora de partida criou a melhor chance, até então, após cobrança de escanteio, que o centroavante João Pedro cabeceou com força, e exigiu que o goleiro Leandro espalmasse a bola.

A boa chance do time carioca parece ter despertado os paulistas, que não demoraram muito para dar a resposta com Gabriel Verón, que limpou o zagueiro rival na entrada da área e finalizou colocado, no canto do arqueiro Marcelo que, com a ponta dos dedos, fez grande defesa evitando o primeiro gol.

Em seguida, Gabriel Ramos, fez boa jogada pelo lado esquerdo do ataque palmeirense, porém o cruzamento passou por dois jogadores e nenhum deles conseguiu finalizar. O mesmo Gabriel Ramos, em seguida, salvou bola praticamente em cima da linha, afastando o que seria o gol tricolor.

Antes de encerrar o primeiro tempo, o Verdão tentou mais uma investida, dessa vez pelo lado direito do ataque, com cruzamento de Ramon, que chegou precisamente para a finalização de, novamente, Gabriel Verón, porém o chute foi no meio do gol, e o goleiro Marcelo, bem posicionado, não teve dificuldade para fazer a defesa.Na volta do intervalo, o Palmeiras entrou em campo sem o lateral-direito Gabriel Garcia, que se atrasou no vestiários e teve de esperar autorização do árbitro para retornar quando a bola já estava rolando. O Flu se aproveitou disso e criou, a partir do lado esquerdo do ataque, a jogada do gol que abriu o placar.

O meia Marcos Paulo recebeu pela direita, fez um belo giro em cima de Gabriel Ramos e cruzou rasteiro para a pequena área, Martinelli finalizou, mas o goleiro Leandro conseguiu bloquear o chute, mas no rebote João Pedro chutou com força para balançar a rede para fazer 1 a 0 para o Fluminense.

Ainda atordoado, o Palmeiras deu espaço para o adversário chegar mais uma vez com perigo, de novo com passe de Marcos Paulo para João Pedro, que dessa vez foi interceptado antes de finalizar. Com mais essa chacoalhada, os palmeirenses tentaram colocar a bola no chão para superar a marcação rival.

Com paciência, Verdão chegou duas vezes. Uma com Gabriel Verón, que teve sua finalização bloqueada em momento crucial, e depois com Marcos Dias, que chutou fraco após cruzamento de Gabriel Garcia, facilitando a defesa do goleiro Marcelo.

O Fluminense, com o resultado na mão e levando vantagem importante para a partida de volta, procurou administrar o jogo e aproveitar os contra-ataques que o adversário deu enquanto buscou o empate, e quase conseguiu ampliar o placar quando Leandro fez grande defesa em mais uma ótima finalização de João Pedro. Gabriel Silva, jovem do Palmeiras, também desperdiçou chance incrível pouco tempo depois.

No entanto, mais emoções ficaram reservadas para os minutos finais, quando o zagueiro Davi, do Tricolor, colocou a mão na bola dentro da área, aos 47 da segundo etapa. Com frieza, Fabrício, do Verdão, cobrou no canto do goleiro e igualou o confronto.

Na próxima quarta-feira, às 16h, os times voltam a se enfrentar pela semifinal da Copa do Brasil sub-17. Desta vez o jogo será nas Laranjeiras, com mando do Flu. Qualquer empate leva a decisão para os pênaltis.

Lance!

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade