0
Logo do Seleção Sueca
Foto: terra

Seleção Sueca

Nascimento do filho ou oitavas? Capitão sueco revela opção

'É muito difícil ir para casa quando se tem um jogo de oitavas de final para disputar', admite Granqvist, que justificou a sua difícil escolha

29 jun 2018
13h24
atualizado às 14h52
  • separator
  • 0
  • comentários

Autor de dois gols de pênalti nesta Copa do Mundo, o zagueiro e capitão da seleção sueca, Granqvist, viverá um misto de emoções nesta terça-feira. Isso porque, o segundo filho do defensor está previsto para nascer justamente no mesmo dia em que a Suécia enfrenta a Suíça pelas oitavas de final do Mundial.

Granqvist marcou de pênalti contra a Coreia do Sul e contra o México, pelo Grupo F (Foto: AFP/MARTIN BERNETTI)
Granqvist marcou de pênalti contra a Coreia do Sul e contra o México, pelo Grupo F (Foto: AFP/MARTIN BERNETTI)
Foto: Lance!

No entanto, segundo palavras do próprio, Granqvist não deve retornar à Suécia e seguirá com a delegação comandada por Janne Andersson. E se justifica.

"É muito difícil ir para casa quando se tem um jogo de oitavas de final para disputar. Discutimos isso abertamente, mas, parece que não é necessário voltar para casa", disse.

"Até agora nada aconteceu. Minha esposa é muito forte e tem muitas queridas pessoas por perto", completou.

O duelo entre Suécia e Suíça será realizado às 11h (de Brasília) desta terça-feira, em São Petersburgo. Os suecos terminaram o Grupo F na primeira colocação, deixando a Alemanha pelo caminho. Os suíços, por sua vez, se classificaram em segundo no Grupo F, no qual o Brasileiro avançou como líder.

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade