PUBLICIDADE

Na primeira sem Luxa, Palmeiras perde para o Fortaleza

No dia em que comemorava 102 anos de sua fundação, o Fortaleza derrotou o Palmeiras no Castelão, por 2 a 0, e colou no G6 do Brasileirão

18 out 2020 22h35
| atualizado às 22h37
ver comentários
Publicidade

As comemorações pelos 102 anos do Fortaleza não poderiam ser melhores. Na noite deste domingo, o Leão do Pici estreou seu novo uniforme e venceu o Palmeiras, por 2 a 0, com dois gols do atacante David ainda no primeiro tempo. O triunfo no Castelão deixa o Tricolor com 24 pontos, na cola do G6 do Campeonato Brasileiro, enquanto o Verdão estaciona nos 22 e segue em queda livre na tabela.

Fortaleza foi superior ao Palmeiras no primeiro tempo, o suficiente para vencer a partida no Castelão (Cesar Greco)
Fortaleza foi superior ao Palmeiras no primeiro tempo, o suficiente para vencer a partida no Castelão (Cesar Greco)
Foto: LANCE!

O Palmeiras repetiu o roteiro de partidas anteriores e conheceu sua quarta derrota seguida na competição nacional. O interino Andrey Lopes tentou surpreender o adversário, mas a equipe não conseguiu desenvolver a proposta e foi presa fácil para o Fortaleza, sobretudo no primeiro tempo. Na etapa final, o jogo ficou equilibrado, mas o Leão do Pici soube administrar a vantagem para sair com a vitória.

TABELA

A primeira metade

O Fortaleza fez valer o fator casa no primeiro tempo do confronto no Castelão. O time comandado por Rogério Ceni atraiu o Palmeiras para seu campo de defesa e ganhou espaço para correr no contra-ataque. Bem treinada, a equipe soube trabalhar a bola com velocidade e foi fatal nas oportunidades que criou. O Verdão chegou bem em duas oportunidades, mas em ambas parou nas mãos do goleiro Max Walef.

O primeiro gol nasceu de uma jogada entre Tinga e Ronald pelo lado direito. A dupla triangulou e cruzou rasteiro para David mandar a bola para o fundo da rede de Weverton. A arbitragem chamou a marcar o impedimento, mas o VAR analisou o lance e validou a jogada.

Depois, o Fortaleza conseguiu ampliar com um rápido contra-ataque puxado novamente pelo lado direito. Marlon avançou em velocidade, cruzou para trás e o lateral Mayke, do Palmeiras, acertou um forte chute em direção ao próprio gol. A bola bateu no travessão e sobrou para David, de novo, marcar para o time da casa.

Equilíbrio marca o segundo tempo

Se o primeiro tempo foi de destaque do Fortaleza, o segundo contou com uma melhora do Palmeiras. Com as entradas de Willian e Wesley, o Verdão foi mais ofensivo e passou a controlar a posse de bola e, consequentemente, as ações do jogo. Enquanto isso, a equipe da casa esperava uma oportunidade para acertar um contra-ataque e matar a partida.

O Palmeiras entrou na área do Fortaleza, mas não conseguiu criar grandes oportunidades. O técnico Rogério Ceni mexeu a equipe, tirou a velocidade e deu compactação defensiva à sua equipe, que pouco sofreu, mas perdeu a intensidade do primeiro tempo. Foi o suficiente para garantir a vitória no aniversário de 102 anos do Fortaleza.

FICHA TÉCNICA

FORTALEZA 2x0 PALMEIRAS

Local: Castelão, em Fortaleza (CE)

Data-Hora: 18/10/2020 - 20h30

Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ)

Assistentes: Rodrigo Figueiredo Henrique Correa (RJ) e Andrea Izaura Maffra Marcelino de Sá (RJ)

Público/renda: Portões Fechados

Cartões amarelos: Bruno Melo e Paulão (Fortaleza); Zé Rafael, Gustavo Gómez e Viña (Palmeiras)

Cartões vermelhos: Gustavo Gómez (Palmeiras)

Gols: David (34'/1ºT) (1-0); David (40'/1ºT) (2-0)

FORTALEZA (Técnico: Rogério Ceni)

Max Walef; Tinga (Gabriel Dias, aos 11'/2ºT), Paulão, Roger Carvalho e Bruno Melo; Ronald (Romarinho, aos 11'/2ºT), Felipe e Marlon; Osvaldo (Carlinhos, aos 20'/2ºT), David (Wellington Paulista, aos 32'/2ºT) e Yuri César (Juninho, aos 33'/2ºT)

PALMEIRAS (Técnico: Andrey Lopes)

Weverton; Mayke (Wesley, no intervalo), Emerson Santos, Gustavo Gómez e Vinã; Gabriel Menino, Patrick de Paula (Willian, no intervalo), Zé Rafael, Raphael Veiga (Danilo, aos 32'/2 e Lucas Lima; Luiz Adriano (Verón, aos 31'/2ºT)

Lance!
Publicidade
Publicidade