0

Laudo aponta que ex-esposa agrediu Dudu e que 'não é possível afirmar' que jogador revidou

O Instituto de Criminalista de São Paulo emitiu laudo que dá parecer favorável a versão de Dudu, que está emprestado pelo Palmeiras ao Al-Duhail, do Catar

24 nov 2020
19h59
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O Instituto de Criminalista de São Paulo emitiu laudo que dá parecer favorável a versão de Dudu, que está emprestado pelo Palmeiras ao Al-Duhail, do Catar, no caso em que a ex-esposa o acusava de agressão. Segundo o documento, o jogador não só não agrediu Mallu Ohanna, como foi agredido pela ex-mulher. A informação foi publicada pelo 'Uol Esportes'.

Dudu se transferiu para o futebol do Catar após confusão (Reprodução/Instagram)
Dudu se transferiu para o futebol do Catar após confusão (Reprodução/Instagram)
Foto: Lance!

- É possível verificar que no interior da garagem, Mallu vem a efetuar um movimento com seu braço esquerdo em direção à orelha direita de Eduardo, local em que se encontrava, naquele instante, o telefone celular dele, sendo que neste momento Eduardo vem a se esquivar. Posteriormente, em outro momento, Mallu vem a desferir um tapa contra Eduardo, atingindo-o. Eduardo não revida as ações perpetradas por Mallu - diz trecho do documento de 258 páginas.

- Não é possível afirmar categoricamente a respeito de possíveis agressões efetuadas por Eduardo, no interior do veículo em tela, uma vez que as câmeras não apresentavam posicionamento e angulação favoráveis. Alia-se, ainda, o fato de pessoas se posicionarem entre a respectiva câmera e o veículo - diz outro trecho.

O jogador se manifestou do caso através de nota enviada pela assessoria de comunicação.

- Desde o início das acusações, o jogador, na certeza de sua plena inocência, sempre se colocou à disposição das autoridades policiais e foi, mais de uma vez e de forma espontânea, à delegacia para esclarecer eventuais dúvidas durante as investigações elaboradas pela delegada e sua equipe. O resultado da perícia só corrobora com os depoimentos do atleta, testemunhas e demais provas anexadas ao inquérito, e confirma que o jogador é inocente - diz a nota.

Veja também:

Técnicos estrangeiros que podem ser opções para times brasileiros
Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade