0

Independente cobra direção após derrota do São Paulo na Argentina

Principal torcida organizada do Tricolor está insatisfeita com os resultados da equipe em campo e dá prazo para mudança de postura: quarta-feira, contra o Talleres

7 fev 2019
10h48
  • separator
  • comentários

Principal torcida organizada do São Paulo, a Independente cobrou direção, elenco e comissão técnica do Tricolor após a derrota, por 2 a 0, para o Talleres, na Argentina. Em sua conta no Twitter, os insatisfeitos são-paulino disseram que o presidente Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, não tem condições de assumir o cargo máximo no clube e prometeram um protesto caso não haja uma mudança de postura no jogo de volta com os argentinos, na próxima quarta-feira.

Torcedores organizados do São Paulo cobram uma mudança de postura do Tricolor (Foto: Ricardo Moreira/Fotoarena/Lancepress!)
Torcedores organizados do São Paulo cobram uma mudança de postura do Tricolor (Foto: Ricardo Moreira/Fotoarena/Lancepress!)
Foto: Lance!

Na noite da última quarta, na estreia da Copa Libertadores, em Córdoba, o São Paulo foi superado fora de casa e, agora, precisará vencer por três ou mais gols de diferença para avançar de fase na competição continental. Em caso de vitória pelo mesmo placar, o confronto será decidido após cobranças de pênaltis. Qualquer outro resultado dará a classificação para os argentinos.Ciente da possibilidade ser eliminada ainda na fase prévia da Copa Libertadores, algo inédito na história do clube do Morumbi, a torcida do São Paulo passou a pressionar a equipe. De acordo com a postagem da Independente, o prazo para uma mudança é quarta-feira, deixando claro que, em caso de um novo resultado negativo, haverá protestos contra o elenco e direção.

No fim do ano passado, mesmo com a queda vertiginosa de rendimento do São Paulo na reta final do Brasileirão, não houve desentendimento entre o departamento de futebol profissional e a Independente e demais torcidas organizadas do Tricolor. O último grande protesto aconteceu no Paulistão do ano passado, após derrota para o Ituano, no dia 22 de fevereiro.

Lance!

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade