0

Henrique sai em defesa de reforços do Cruzeiro na temporada

O capitão da Raposa rechaçou as críticas que alguns jogadores vem recebendo por seu desempenho na Toca da Raposa

12 nov 2018
20h46
  • separator
  • 0
  • comentários

Com o intuito de reforçar o seu elenco na temporada 2018, o Cruzeiro foi às compras. Contratou 10 jogadores para deixar a equipe celeste mais forte e lutar pelos títulos este ano. O resultado foi bom. Duas conquistas, Mineiro e Copa do Brasil, foram levadas para a galeria de troféus da Raposa.

O capitão celeste afirmou que se vieram para o Cruzeiro, esses jogadores tem qualidade- (Foto: Juan Mabromata / AFP)
O capitão celeste afirmou que se vieram para o Cruzeiro, esses jogadores tem qualidade- (Foto: Juan Mabromata / AFP)
Foto: Lance!

Todavia, dos 10 contratados, apenas Egídio, que já tinha jogado pelo Cruzeiro no bicampeonato brasileiro, teve consistência em seu jogo. Os demais, ou tiveram baixo rendimento ou problemas físicos, caso do atacante Fred.

Bruno Silva, Marcelo Hermes, Barcos, David, Edílson, Mancuello, Éderson e Patrick Brey foram os demais negócios fechados pelo time azul e nenhum deles tiveram regularidade. Alguns, como Edílson e Barcos, conseguiram ter momentos de brilho, mas com pouca constância em campo.

Éderson e Patrick Brey jogaram poucas vezes, mas não impressionaram Mano Menezes a ponto de coloca-los mais vezes nas partidas do Cruzeiro.

Para o capitão Henrique, se esses atletas vieram para o Cruzeiro, é porque estão em condições de defender o clube.

- Todo jogador que chega em outro clube chega como grande aposta e expectativa. Às vezes, adaptar é difícil, está acostumado com outro esquema de jogo também. Mas é momento, futebol é assim. Vivemos de momentos. Às vezes não é tão bom, não é favorável, disse o capitão celeste, para continuar sua defesa dos colegas.

- Mas se eles vieram para o Cruzeiro é pela competência, pelo trabalho, porque mostraram qualidade para estar aqui. Isso não ficou para trás com esses atletas. Se eles estão aqui é por competência e qualidade. São jogadores que têm qualidade e potencial para fazer diferença dentro de campo a nosso favor, completou.

Mano Menezes e o vice de futebol, Itair Machado, já indicaram que haverá mudanças para 2019. Itair citou nominalmente Marcelo Hermes e Ezequiel como possíveis saídas do Cruzeiro e outros jogadores contestados pela torcida, caso de Bruno Silva, também poderão ter outros destinos na próxima temporada.

Por isso, o vestibular celeste nesta reta final de Brasileiro será fundamental para os contratados se manterem no atual bicampeão da Copa do Brasil.

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade